Cidades

17 de julho de 2021 00:45

Morre o juiz Jerônimo Roberto aos 65 anos

Presidência do TJAL lamentou falecimento do juiz Jerônimo Roberto

↑ Juiz Jerônimo Roberto tinha 65 anos - Reprodução

Em nota à imprensa, a Presidência do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) informou, na madrugada deste sábado (17), o falecimento do juiz Jerônimo Roberto Fernandes dos Santos, titular da 11ª Vara Cível da Capital, aos 65 anos, em decorrência de complicações da Covid-19, no Hospital INCOR em São Paulo.

O magistrado lutava contra o coronavírus desde maio passado quando foi internado em Maceió e, posteriormente, foi transferido para São Paulo.

Magistrado há mais de duas décadas, Jerônimo era apresentador na TV Mar, do Programa Momento Jurídico.

O juiz notabilizou-se por decretar, em 1998, a prisão de membros da Gangue Fardada, entre eles, o então militar Manoel Cavalcante.

Para o presidente do TJAL, desembargador Klever Loureiro, a morte de magistrados e servidores durante a pandemia causa, além do sofrimento dos familiares e amigos, uma grande perda para o Poder Judiciário alagoano.

Fonte: Redação

Comentários

MAIS NO TH