Cidades

14 de junho de 2021 13:15

Vigilância Sanitária interdita três padarias e apreende 810 kg de alimentos estragados

Situações graves de descumprimento das normas sanitárias foram constatadas nos estabelecimentos

↑ Padarias terão 30 dias para readequações. Foto: Vigilância Sanitária

Em mais um fim de semana de fiscalizações, a Vigilância Sanitária fiscalizou oito estabelecimentos em diferentes bairros da capital, entre supermercados, padarias e um frigorífico. Desses, três padarias foram interditadas, pois apresentavam graves problemas sanitários e não poderiam continuar abertas prestando serviço à população.

As padarias interditadas estão localizadas nos bairros do Feitosa e Santos Dumont. Em uma delas, os fiscais encontraram um gato ao lado de um rato morto, além de fezes de rato em cima dos pães. Panelas, lacres, cilindros para modelagem, paredes e piso apresentavam sujeira ou não tinham mais condições de uso. Os estabelecimentos foram notificados, receberam termo de interdição e serão multados em um valor que varia entre R$ 180 e R$ 19 mil, a depender da gravidade dos problemas detectados.

Eles terão um prazo de 30 dias para fazer as adequações exigidas pela Vigilância Sanitária, entre elas, a dedetização. O restabelecimento ou não do funcionamento dos comércios será definido após nova inspeção.

“Estamos nas ruas sempre com nutricionistas, médicos veterinários e outros profissionais qualificados para identificar essas situações e cuidar melhor e com muita responsabilidade da saúde da população. Não vamos permitir ‘ajeitadinhos’”, assegurou o coordenador geral do órgão, Airton dos Santos.

Carnes e laticínios apreendidos

Além das padarias, os fiscais passaram por quatro supermercados e um frigorífico nos bairros Santos Dumont, Clima Bom e Jatiúca, onde apreenderam 810 quilos de carnes e laticínios estragados ou fora do prazo de validade.

Desse total, 150 quilos que estavam com a validade vencida, mas com bom aspecto, foram destinados ao Parque Municipal de Maceió para alimentar os jacarés que vivem no local. Antes de servidas, as carnes são inspecionadas por veterinários.

Fonte: Secom Maceió

Comentários

MAIS NO TH