Cidades

26 de outubro de 2020 18:00

OAB-AL solicita ingresso em ACP para requerer à Braskem pagamento prévio de indenizações

Com o ingresso como Amicus Curiae, a OAB Alagoas não defende os interesses das partes, nem questiona o acordo firmado

↑ Sede da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Alagoas (OAB/AL), em Jacarecica (Foto: Ascom OAB/AL)

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Alagoas (OAB/AL) solicitou o ingresso, como Amicus Curiae, na Ação Civil Pública (ACP) movida contra a Braskem, para que seja efetuado o pagamento prévio do valor incontroverso dos imóveis, assegurando o mínimo de proteção aos direitos fundamentais e garantindo a preservação da dignidade humana dos moradores da região.

“O intuito é, o de exclusivamente, preservar o direito fundamental à propriedade e à moradia adequada. Essa retirada forçada dos moradores dos bairros atingidos sem a prévia indenização demonstra uma evidente situação de vulnerabilidade. A intervenção da OAB será pontual”, explicou o presidente Nivaldo Barbosa Júnior.

Com o ingresso como Amicus Curiae, a OAB Alagoas não defende os interesses das partes, nem questiona o acordo firmado. “Tratamos do âmbito da preservação de uma esfera jurídica que goza da mais alta proteção constitucional, mais adiante pormenorizado”, finalizou o presidente da Seccional alagoana.

Fonte: Ascom OAB-AL

Comentários

MAIS NO TH