Cidades

25 de setembro de 2020 08:44

Ex-funcionários da Veleiro voltam a protestar na Avenida Fernandes Lima

Trânsito na região ficou parado; grupo impede a passagem de ônibus

↑ FOTO: DIVULGAÇÃO

Ex-funcionários da empresa Veleiro voltaram a protestar na manhã desta sexta-feira (25), na Avenida Fernandes Lima, nas proximidades do Cepa, em Maceió. A faixa azul está bloqueada, nos dois sentidos, enquanto duas faixas da via foram liberadas para o tráfego de veículos. O trânsito está lento no local.

A categoria reivindica mais uma vez o pagamento de salários, verbas rescisórias e outros encargos. Ainda segundo o grupo, mais de 140 funcionários foram demitidos da empresa de viação e sem, direitos trabalhistas cumpridos.

De acordo com o presidente em exercício do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviários de Alagoas (Sinttro/AL), Hernandes José dos Santos, a audiência realizada ontem (24) no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) os gestores da Veleiro pediram 30 dias para apresentar uma proposta de acordo, no entanto, o sindicato pediu dez e o juiz concedeu 20 dias.

“Na verdade a veleiro tá só protelando o problema. O superintendente da SMTT pediu uma trégua de 15 dias, já faz mais de 20, e não deu nenhuma resposta”, reclamou.

FAIXA AZUL

Os manifestantes bloquearam a faixa azul da avenida e impediu passagem de ônibus, o que deixou o trânsito parado. Eles usam cartazes e faixas com frases para chamar a atenção das autoridades.

Muitos passageiros tiveram que descer dos coletivos e seguir a viagem a pé.

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) foi acionada para controlar o fluxo de veículos na região. A Polícia Militar também se encontra na Fernandes Lima e acompanha a movimentação. Não há previsão para o término da manifestação.

Fonte: Da redação com Agências

Comentários

MAIS NO TH