Cidades

18 de setembro de 2020 09:02

Detran deixou de avaliar 5.087 pessoas durante a pandemia em Alagoas

Dados são referentes a candidatos para prova prática no período de isolamento social; demanda será atendida gradualmente

↑ Agendamento para os exames práticos no Detran de Alagoas retornou no final de julho e está aberto para todos (Foto: Ascom Detran/AL)

Por conta da pandemia do novo coronavírus o Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL) deixou de avaliar 5.087 candidatos que realizariam o exame de prova prática para a primeira habilitação no período do isolamento social em Maceió. Celma Marques da Silva estava entre esses candidatos e se diz prejudicada por conta da demora.

“Fiquei muito tempo praticando, mas o isolamento me paralisou, tive prejuízos, depois da flexibilização fui fazer o exame, mas não consegui ser aprovada, e ainda vou ter que pagar para refazer o exame”, reclamou a candidata que tentou tirar sua primeira habilitação para conduzir moto.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Centros de Formação de Condutores de Alagoas, João Batista, as autoescolas têm o compromisso com a formação, desta forma, os alunos fazem as aulas práticas de direção, mas os exames são feitos no Detran em veículos do próprio órgão. “Não existe esse acúmulo de alunos para fazer exames no Centro de Formação, porque quando eles concluem as aulas práticas automaticamente já fazem o agendamento do exame prático no Detran”, explicou.

“É óbvio que o aluno que conclui o curso e demora a fazer os movimentos práticos em tempo hábil perde o automatismo de condução, e assim, é necessário que este aluno se submeta a aulas extras ministradas pelas autoescolas, com o objetivo de fazer com que ele relembre tudo que foi passado nas aulas práticas pelo seu instrutor. Só que muitos não têm essa consciência e se arriscam, vão fazer a prova sem essa repassada e quando chegam ao exame prático de direção sentem dificuldade”, alertou.

Segundo o Detran, entre 19 de março e 31 de maio 1.722 candidatos na categoria A e 3.365 na categoria B não foram avaliados. O órgão informou por meio da assessoria de comunicação que nessa época, foi iniciada uma ação para redução da oferta de vagas a fim de que a quantidade de candidatos com exames cancelados não passasse desses números.

Ressaltou também que a avaliação não aconteceu devido à suspensão dos serviços de atendimento ao público (incluindo os exames práticos) conforme decreto do Governo do Estado também como medida preventiva. “Não houve procura durante a pandemia porque os exames foram suspensos”.

De acordo com o departamento, somente em agosto, com o reforço na equipe, foram disponibilizadas 2.591 vagas na categoria A (cobrindo com folga a quantidade de exames cancelados e oportunizando vagas para quem estava fazendo reteste ou o primeiro exame). Na categoria B foram disponibilizadas 3.456 vagas.

Reforço na equipe garantiu mais vagas

Em setembro foram disponibilizadas 1.360 vagas na categoria A e 2.400 na B, em Maceió. Lembrando que o reforço na equipe em agosto foi o que possibilitou uma quantidade maior de vagas no retorno dos exames em Maceió.

AGENDAMENTO

O agendamento para os exames práticos retornou no final de julho. Inicialmente, foram destinados apenas aos candidatos que tiveram o serviço interrompido por conta da pandemia, mas agora todos os candidatos da capital já podem agendar o exame. Para atender ao protocolo sanitário e evitar aglomerações, o número de vagas liberadas para o serviço foi reduzido.

O Detran de Alagoas já está disponibilizando as vagas nos municípios de Arapiraca, Delmiro Gouveia, Santana do Ipanema e Maceió, e observa que a fila está se normalizando com a retomada dos exames no estado.

Fonte: Tribuna Independente / Ana Paula Omena

Comentários

MAIS NO TH