Cidades

15 de setembro de 2020 17:12

MPF recebe novas informações sobre estudos da Braskem nas áreas afetadas pela mineração

Instituições analisam as medidas que serão adotadas a respeito dos estudos; Defesas Civis Nacional e Municipal também foram informadas

↑ Mutange (Foto: Edilson Omena)

Na manhã desta terça-feira (15), o Ministério Público Federal (MPF) participou de reunião com o Ministério Público do Estado de Alagoas (MP/AL), a Defensoria Pública da União (DPU) e a Defensoria Pública do Estado (DPE), na qual a empresa petroquímica Braskem informou sobre o resultado de estudos técnicos especializados e independentes.

O tema foi objeto de comunicado de Fato Relevante por parte da Braskem, aos acionistas e ao mercado. Na reunião, representantes da empresa apresentaram uma análise de cenários de áreas com potenciais impactos presentes e futuros na superfície da região dos bairros do Pinheiro, Mutange, Bebedouro e Bom Parto no longo prazo.

No mesmo dia, à tarde, os representantes do MPF, MP/AL, DPU e DPE acompanharam reunião na qual a empresa expôs os mesmos estudos às Defesas Civis Nacional e Municipal.

As novas informações apresentadas pela Braskem estão sendo acompanhadas pelas autoridades que avaliam as medidas a serem adotadas a respeito dos novos estudos. Os relatórios já foram remetidos às Defesas Civis Nacional e Municipal e ao Serviço Geológico do Brasil (SGB/CPRM) para análise técnica.

Fonte: Ascom MPF/AL

Comentários

MAIS NO TH