Cidades

1 de setembro de 2020 10:01

Unidades de Conservação do Estado ganham novas placas

Proprietários de RPPN devem realizar atualização para o novo modelo, com melhor legibilidade

↑ Divulgação

O Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA/AL) está lançando novas placas para as Unidades de Conservação (UCs). Os novos modelos para Área de Proteção Permanente (APP), Área de Proteção Ambiental (APA) e Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) possuem maior contraste de cores, tipografia otimizada para leitura e elementos específicos para cada Unidade. Proprietários de reservas já podem fazer o download do vetor para a atualização da placa.

As placas cumprem um papel fundamental de comunicação com a população sobre a existência de UCs e leis que devem ser respeitadas dentro das áreas protegidas. Os novos modelos foram desenhados para promover uma melhor legibilidade e compreensão, como explica Alex Nazário, consultor ambiental da Gerência de Fauna, Flora e Unidades de Conservação (Gefuc).

“A fonte das placas está em tamanho maior, facilitando a leitura em distâncias maiores. O nome do tipo de Unidade de Conservação agora está por extenso, não só em sigla. A simbologia com as proibições está mais evidente, com descrição. Na base, está a legislação pertinente da UC, para alertar à população que as infrações que forem cometidas se configuram enquanto crime ambiental que podem ser respondidas judicialmente”, detalha.

As novas placas do IMA são inspiradas no modelo do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), por já serem familiares para pedestres e motoristas. O molde foi redesenhado e adaptado às necessidades e identidade visual do órgão ambiental.

Vetores das placas estão disponíveis no site do IMA

Todos os moldes das placas estão disponíveis em versão PDF no site do IMA. As placas de APA e APP serão atualizadas pelo órgão ambiental, no entanto os proprietários de RPPN são os responsáveis pela manutenção, alerta Alex Nazário.

“É importante para o proprietário que as placas estejam visíveis, sendo que muitas das placas antigas estão desgastadas por efeitos climáticos. A manutenção dessas placas também faz parte da manutenção da RPPN”, afirma o consultor ambiental.

As placas estão disponíveis no endereço http://www.ima.al.gov.br/servicos/downloads/placas-educativas-e-informativas/. Aos proprietários de RPPN que desejem editar, a fonte é Bahnschrift, disponível gratuitamente para Windows, no estilo SemiBold no nome da reserva e SemiBold SemiCondensed na portaria de criação e leis.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH