Cidades

4 de agosto de 2020 13:01

Rodoviários da Veleiro suspendem paralisação e aguardam audiência

Funcionários cobram pagamento de salários atrasados, férias, recolhimento do FGTS e outros direitos trabalhista

↑ Fotos: Edilson Omena

Rodoviários da empresa de ônibus Veleiro, em Maceió, decidiram paralisar as atividades por tempo indeterminado nesta terça-feira (4), mas voltaram atrás e aguardam uma audiência na Procuradoria Regional do Trabalho ainda esta semana.

Hoje os trabalhadores da Veleiro voltaram a protestar em frente à Cepa, no bairro do Farol, cobrando o pagamento de salários atrasados, férias, recolhimento do FGTS há mais de 5 anos, entre outros direitos trabalhistas. Eles utilizavam faixas e cartazes para chamar a atenção dos transeuntes na Avenida Fernandes Lima.

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Alagoas (Sinttro/AL) coordena o movimento informou que mais de 150 trabalhadores foram demitidos indevidamente usando a justificativa de justa causa e nem repassando valores de pensão alimentícia, que é descontado da folha de pagamento, porém não repassado aos dependentes dos rodoviários.

Gerenciamento de crise da PM esteve na manifestação dos rodoviários (Foto: Edilson Omena)

A categoria e os sindicalistas estiveram reunidos no Ministério Público do Trabalho (MPT) nesta manhã e aguardam posicionamento do órgão sobre a situação. A informação foi confirmada pela assessoria da entidade sindical.

Cerca de 220 rodoviários alegam prejuízos por parte da Veleiro. “A greve está suspensa, saímos de uma audiência no MPT e não havia um processo aberto, então foi criado na PRT e amanhã haverá a distribuição e assim sabermos qual será o procurador e o dia da audiência”, explicou o sindicato por meio da assessoria de comunicação.

Fonte: Tribuna Hoje / Ana Paula Omena

Comentários

MAIS NO TH