Cidades

11 de julho de 2020 16:14

Maragogi: jangadeiros e empresas esperam liberação dos passeios às piscinas naturais

Mais de 500 profissionais e um grande número de empresas, que trabalham exclusivamente no atendimento ao turista para passeios às famosas galés de Maragogi, que estão parados há três meses, acumulando enormes prejuízos, esperam ansiosamente para que o Instituto Chico Mendes (ICMBio), responsável pela APA Costa dos Corais, libere, enfim, os passeios. A prefeitura de Maragogi, espera, que através de ofício, o órgão permita que o Sistema Aquaviário Municipal volte a funcionar normalmente, utilizando protocolo sanitário rígido, a fim de coibir a proliferação do novo coronavírus, sob pena das sanções previstas na lei.

Enquanto isso não acontece, e a hotelaria se prepara para a reabertura, a Prefeitura Municipal publicou no Diário Oficial dos Municípios um novo decreto  que trata da prorrogação das medidas de enfrentamento de emergência por conta da pandemia do novo coronavírus até o dia 21 de julho. Pelo decreto, permanecem suspensos eventos esportivos, de lazer, artísticos, culturais, acadêmicos, políticos, científicos, comerciais, religiosos e outros com concentração de pessoas. Atividades noturnas de bares e restaurantes, danceterias, boates e similares também permanecem fechadas. Mas os serviços delivery e “pague e leve” estão liberados.

Também permanecem suspensos atividades em praças, parques, beira da praia e áreas públicas, além de academias, centro de ginástica e estabelecimentos similares. Hostel e albergues que possuem cômodos compartilhados também foram incluídos no decreto. A prorrogação informa que está autorizado o transporte interno urbano municipal, devendo para tanto, que os veículos apenas recebam a metade de sua capacidade, conforme protocolo sanitário, inclusive buggys. A prática de esportes individuais também está liberada.

Já em São Luiz do Quitunde, a prefeita Fernanda Cavalcanti publicou decreto autorizando a reabertura de templos, igrejas e demais instituições religiosas, de qualquer doutrina, fé ou credo no município do Norte de Alagoas. As instituições poderão ter ocupação máxima de 30% de capacidade. A gestora gravou um vídeo informando sobre a decisão. ´´Quero informar a vocês que hoje eu assinei o decreto autorizando a abertura de templos e igrejas aqui do nosso município. Nesse primeiro momento com apenas 30% da sua capacidade. Para isso, é preciso também que as medidas de prevenção contra o coronavírus sejam respeitadas: com distanciamento mínimo de dois metros, deixar a disposição dos fiéis álcool em gel ou álcool 70%, que também deverão estar usando máscaras e manter de forma regular a higienização de todo o ambiente e equipamento de contato”, informou.

Comentários

MAIS NO TH