Cidades

4 de julho de 2020 07:55

São Sebastião: agentes de saúde repudiam carta de secretário

Servidor diz que vai acionar o Ministério Público e o sindicato nacional da categoria

↑ Secretário Felipe Regueira alega que advertência é prevista no estatuto dos funcionários públicos Foto: reprodução

Uma carta de advertência disciplinar, assinada pelo secretário municipal de Saúde Felipe Regueira,  ao agente de endemias André Gonzaga Neves, está gerando muita polêmica em São Sebastião, município localizado na Região Agreste de Alagoas.

No documento, o servidor público, que é deficiente visual, foi advertido oficialmente e sujeito a penalidades porque supostamente estaria transitando em uma moto, em um trecho do município, fora de sua área de atuação e durante o horário de expediente.

André Gonzaga Neves nega a denúncia e diz que a advertência é injusta e ilegal. O agente de endemias declara que exerceu suas atividades e fez visitas em 25 imóveis no dia em questão.

Ele afirma que tudo pode ser comprovado nas “folhas diárias” de sua produção como agente de endemias e repassadas à supervisão hierárquica.

“Após as visitas, depois de ter cumprido a meta diária, dirigi-me ao bairro Rancho Alegre para tratar de uma negociação de imóvel da família”, explica o agente de endemias.

O suposto ato de indisciplina teria ocorrido no dia 26 de junho deste ano. A polêmica em torno do assunto gerou indignação na categoria e outros seis agentes de endemias assinaram um documento em solidariedade ao colega de trabalho.

André Gonzaga Neves revela que, na sexta-feira (3), procurou a administração municipal para entregar e protocolizar o documento, que foi assinado pelas seis testemunhas. Mas, segundo ele, o gestor negou-se assinar o documento, alegando que a carta em questão era verbal e não tinha importância naquele momento.

Ele conta que até o sindicato da categoria, em São Sebastião, deu aval à resposta da gestão. Desconfiado e temendo nova retaliação, o agente de saúde disse que, na próxima segunda-feira (6), vai acionar o Ministério Público Estadual (MPE) e também o sindicato nacional para expor toda a situação e assegurar os seus direitos como servidor público municipal.

Fonte: Davi Salsa Sucursal Arapiraca

Comentários

MAIS NO TH