Cidades

2 de julho de 2020 14:07

Presidente da Algás é eleito para liderar a Abegás

Arnóbio Cavalcanti assume a presidência do Conselho de Administração da maior representação institucional de distribuição de gás do Brasil

↑ Pela primeira vez na história, um representante de Alagoas é eleito para liderar a Associação (Foto: Assessoria)

A Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás) elegeu na tarde desta quarta-feira, dia 1º de julho, o novo Conselho de Administração para a gestão 2020/2023. A eleição aconteceu durante a 88ª Assembleia Geral Extraordinária de Associados.

O diretor presidente da Algás, distribuidora de gás de Alagoas, Arnóbio Cavalcanti Filho, assume a presidência do Conselho da Abegás, tendo na vice-presidência o diretor-presidente da Companhia Paranaense de Gás (Compagas), Rafael Lamastra Junior. Na ocasião, Gerson Fonseca, gerente de estratégias, riscos e conformidade da Algás, foi reeleito presidente do Conselho Fiscal da Abegás.

Pela primeira vez na história, um representante de Alagoas é eleito para liderar a Associação. De acordo com o novo presidente do Conselho de Administração, Arnóbio Cavalcanti, a nova gestão assume em um momento desafiador. “A pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) demandou uma grande mobilização das empresas distribuidoras. Prosseguindo com os padrões habituais de eficiência, qualidade e segurança, elas mantiveram a prestação de serviço essencial ao mesmo passo que adotaram todos os cuidados para garantir as condições de saúde de seus colaboradores e clientes, e, ainda, contribuíram de diversas maneiras no combate à Covid-19”, afirma.

“Esse momento é complexo também porque as distribuidoras estão sentindo os efeitos econômicos da pandemia. E a Abegás é um porta-voz relevante para buscar as melhores soluções que permitam ao setor continuar contribuindo com a geração de empregos, renda e com a arrecadação de impostos”, acrescenta o novo presidente do Conselho de Administração.

“Ao mesmo tempo, vemos esses próximos anos como um período de oportunidades. Como legítima representante de um dos elos mais relevantes da cadeia, o de downstream, a Abegás é uma entidade fundamental no debate de um projeto nacional de desenvolvimento do setor que beneficie toda a sociedade”, diz ele.

“Nestes próximos três anos seguiremos ainda mais focados em criar condições, ao lado de outros agentes do setor, para ampliar a oferta de gás natural e possibilitar que o gás chegue ao consumidor em condições mais competitivas”, prossegue o presidente do Conselho de Administração da Abegás.

“A possibilidade de ter acesso a outros agentes de suprimento de gás é uma de nossas prioridades, além de todo o trabalho que a entidade tem para desenvolver o mercado por meio de políticas que estimulem novos usos do gás natural – principalmente no setor automotivo, com a adoção do gás em veículos de transportes de carga e de passageiros. Só será possível aumentar a oferta se a criação de demanda for pensada conjuntamente”, completa Arnóbio Cavalcanti Filho.

O Conselho de Administração é composto por mais sete integrantes: um da região Centro-Oeste (Rui Pires dos Santos, da Companhia de Gás de Mato Grosso do Sul – MSGás); dois da região Nordeste (Hugo de Santana de Figueirêdo Junior, da Companhia de Gás do Ceará – Cegás; e Luiz Raimundo Barreiros Gavazza, da Companhia de Gás da Bahia – Bahiagás), um da região Norte (José Carlos de Salles Garcez, da Companhia de Gás do Pará – Gás do Pará), dois da Sudeste (Pedro Magalhães Bifano, da Companhia de Gás de Minas Gerais – Gasmig; e Nelson Roseira Gomes Neto, da Companhia de Gás de São Paulo – Comgás), um da região Sul (Carlos Ivan Camargo de Colón, da Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul – Sulgás).

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH