Cidades

28 de maio de 2020 18:18

Senai doa quase 6 mil protetores faciais a profissionais em Alagoas

Doações foram para área de saúde, segurança pública, assistência social, entre outras

↑ (Foto: Comunicação Sistema Fiea)

No período de uma semana, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) entregou 5.969 protetores faciais a profissionais que atuam na linha de frente contra o coronavírus. Não apenas da área de saúde, mas, também, de segurança pública, assistência social, entre outras.

No último dia 22, somente ao governo do Estado, foram doadas 2.000 unidades. Outras 200 foram entregues ao Hospital Universitário (HU) da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Nesta doação, o Senai contou com a parceria da Federação das Indústrias (Fiea) e do Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon).

“O objetivo é contribuir para proteger profissionais importantes nesse momento de pandemia da Covid-19. O Senai também colabora com o conserto de respiradores, doação de máscaras, preparação e doação de álcool, desenvolvimento de túnel de desinfecção, além de assessoria técnica e parcerias com instituições para desenvolver projetos úteis para combatermos a propagação do coronavírus”, explica o gerente de Tecnologia do Senai/AL, Welton Barbosa.

Na última segunda-feira, 25, outras 100 unidades foram doadas ao 5º Batalhão da Polícia Militar, no Benedito Bentes. Além de unidades de saúde, hospitais e indústrias, durante a semana, o Senai doou protetores faciais às prefeituras de Junqueiro, Campo Alegre e de Maceió, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas).

Segundo o secretário Henrique Alves Pinto, esses equipamentos de proteção individual serão utilizadas por técnicos da Semas que continuam atendendo a população nesse período de pandemia do Covid-19. “Os protetores serão distribuídos para esses técnicos que atuam nos mais de 40 equipamentos sociais localizados em vários bairros da capital. Agradecemos por mais essa parceria com o Senai, que vai garantir a proteção dos nossos servidores e usuários”, destacou.

O gerente da unidade Senai Poço – onde os EPIs são fabricados – , Adagnon Junior, explicou que a meta é entregar 40 mil unidades nesse momento de pandemia da Covid-19. “É um momento importante para o Sesi e Senai, pois estamos usando nossa expertise para promovermos ações sociais que beneficiem a população alagoana”, destacou.

Proteção

Leves e confortáveis, os protetores fabricados pelo Senai são um dos acessórios mais eficientes para evitar o contágio pelo coronavírus. Eles criam uma barreira física e evitam que gotículas contaminadas, dispersas no ar, entrem em contato com o rosto de quem trabalha muito próximo ou em contato físico com o paciente infectado.

Fonte: Comunicação Sistema Fiea

Comentários

MAIS NO TH