Cidades

25 de maio de 2020 16:49

Campanha arrecada máscaras e lona para moradores das comunidades da Lagoa Mundaú

Máscaras serão distribuídas aos moradores das favelas Sururu de Capote, Muvuca, Peixe e Arroz, localizadas na parte baixa de Maceió

↑ (Imagem: Divulgação)

O Comitê dos Povos de Alagoas, entidade que tem o objetivo de compartilhar a realidade de luta por direitos em Alagoas, está promovendo uma campanha para arrecadação de máscaras que serão distribuídas aos moradores das favelas Sururu de Capote, Muvuca, Peixe, Arroz, localizadas na parte baixa de Maceió.

Essas comunidades, que margeiam a Lagoa Mundaú, são formadas por moradores que não têm recursos financeiros para comprar o equipamento de proteção individual essencial neste momento de pandemia, como destaca Samuel Scarponi, integrante do Comitê.

“Estamos todos enfrentando esta pandemia, mas eles estão sem direitos há muito tempo. A comunidade é esquecida e por isso que pedimos ao menos essas máscaras para que eles possam se proteger o máximo possível evitando contrair o novo coronavírus”, explicou Scarponi.

Ainda de acordo com Scarponi, mesmo com as frequentes doações de alimentos e itens de higiene aos moradores, muita gente ainda não teve acesso às máscaras que devem ser utilizadas no dia a dia.

“Conseguimos distribuir duas mil máscaras, apesar de parecer muito, ainda não atingimos metade das famílias, uma vez que cada barraco é formado por cinco pessoas. Nosso objetivo é que as pessoas que moram na região possam ter no mínimo uma máscara para não precisar dividir e aumentar o risco de infecção”, explica.

Além da campanha de arrecadação de máscaras, o Comitê está recebendo doações de lona do tipo “4×100/150 micras”. Esse material será distribuído para reforçar a estrutura dos barracos das favelas, em virtude da previsão de chuvas no mês de junho.

Para doar máscaras ou lona, basta ligar para o número: 98761.3770 ou acessar o Instagram @comitedospovosdealagoas.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH