Cidades

23 de maio de 2020 17:21

É falso que os governos estaduais recebem recursos por cada óbito de Covid-19

Em nota, o Ministério da Saúde desmente a informação e afirma que todos os recursos repassados são para ações e serviços públicos de saúde

↑ Divulgação

Em diversas redes sociais tem circulado mensagens sugerindo que os Estados estariam aumentando o número de mortes registradas por Covid-19. A motivação, de acordo com o texto, é que os Estados receberiam mais de R$ 16 mil por cada morte confirmada pela doença. A informação é falsa. Em nota, o Ministério da Saúde desmente a informação e afirma que todos os recursos repassados são para ações e serviços públicos de saúde em geral.

A mensagem falsa diz: “Para cada óbito no hospital pela Covid-19 o estado recebe R$ 16.450,00. Entenderam porque os números só crescem?”.

O Ministério da Saúde confirma que não há repasse de verbas por mortes registradas. “O Ministério da Saúde informa que não repassa verba para registro de morte. Esta verba é usada por secretarias estaduais e municipais de saúde para custeio dos serviços, aquisição de insumos básicos para o funcionamento dos postos de saúde e de hospitais, por exemplo, além de proporcionar equipamentos e recursos humanos a estados e municípios”, explicou o órgão.

A Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas (Sesau) explicou que parte dos recursos que chegam ao Estado é destinada à testagem de pacientes, a ações para combater a propagação do novo coronavírus e ao tratamento das pessoas já diagnosticadas. Nenhum recurso é decorrente das mortes registradas pela doença.

Ainda de acordo com a Sesau, qualquer cidadão pode conferir a origem dos recursos recebidos e onde estão sendo aplicados, por meio de uma página exclusiva dentro do Portal da Transparência.

“As informações podem ser acessadas por todos os cidadãos alagoanos. Para facilitar a navegação do usuário, a Controladoria-Geral do Estado (CGE) implantou uma melhoria no site: todos os investimentos referentes à Covid-19 foram agrupados em uma página exclusiva, que pode ser acessada por meio do menu do Portal da Transparência”, disse a secretaria em nota.

Alagoas Sem Fake

Com foco no combate à desinformação, a editoria Alagoas Sem Fake verifica, todos os dias, mensagens e conteúdos compartilhados, principalmente em redes sociais, sobre assuntos relacionados ao novo coronavírus em Alagoas. O cidadão poderá enviar mensagens, vídeos ou áudios a serem checados por meio do WhatsApp, no número: (82) 98161-5890. Clique aqui para enviar agora.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH