Cidades

5 de maio de 2020 09:51

EPIs: Promotoria dá prazo à Prefeitura de Arapiraca esclarecer denúncia

Sindicatos denunciam falta de equipamentos de proteção individual nas ações contra a Covid-19

↑ Promotor Lucas Mascarenhas deu prazo de 72 horas para a prefeitura Foto: Davi Salsa (arquivo)

O promotor de justiça Lucas Mascarenhas, titular da 1ª Promotoria Especializada de Meio Ambiente e Saúde de Arapiraca, notificou o secretário de Saúde de Arapiraca, Glifson Magalhães, para que, no prazo de 72 horas, o gestor público apresente esclarecimentos acerca de denúncia a falta de equipamentos individuais de proteção (EPI’s) para os agentes comunitários de saúde e de endemias do município.

Após receber ofício encaminhando em conjunto pelo Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias da Região Metropolitana do Agreste de Alagoas (Sindagreste), Sindprev e Sindicato dos Servidores Públicos de Arapiraca (Sindsar), o promotor Lucas Mascarenhas instaurou Notícia de Fato Nº 01.2020.00001214-8.

No documento, o promotor solicita que a Prefeitura de Arapiraca, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, promova meio de esclarecer a denúncia e promover meios de assegurar proteção, com a oferta de máscaras, luvas e outros equipamentos de segurança, para todos os profissionais de saúde que atuam nesse período de pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

Fonte: Tribuna Hoje / Davi Salsa

Comentários

MAIS NO TH