Cidades

20 de fevereiro de 2020 17:41

Música “Ponta de Lápis” resulta em Título de Cidadão de Maceió para o cantor Beto Barbosa

A música virou ícone dos alagoanos e  continua depois de décadas mais jovem do que nunca

↑ Beto Barbosa homenagem recebida de seu conterrâneo vereador Samyr Malta

Ele que nos ano 80 comandava na capital alagoana uma alegria sem igual; sobretudo animando um público jovem e delirante, que frequentava o então famoso Bar Chapéu de Couro, acaba de ser homenageado com o título de Cidadão Honorário de Maceió. Estamos  falando de Beto Barbosa, cujo talento ganhou força com a canção  “Ponta de Lápis.” A música virou ícone dos alagoanos e  continua depois de décadas mais jovem do que nunca; ou melhor, se tornou uma espécie de hino de Maceió. Gravada por diversos cantores, Ponta de Lápis até hoje mantém a performance de seu sucesso, sempre presente em todos os  tipos de eventos festivos; numa variedade de arranjos musicais adoradas por todos.

Pois foi por conta de “Ponta de Lápis”  que o  vereador por Maceió, Samyr Malta, por meio de sua indicação, ganhou apoio da Câmara, a fim de homenagear seu conterrâneo de Mata Grande. A solenidade  ocorreu  na manhã desta quinta-feira na Casa Legislativa de Maceió, onde entre as personalidades presentes estava o cantor e compositor, Eliezer Setton – um dos maiores intérpretes da canção. “Na realidade,  a música tem a coautoria  do compositor, Marcos Maceió, que também contribuiu para propagar ainda mais o nome da capital” disse o vereador Samyr Malta.

Para  Samyr Malta tornar  Beto Barbosa um Cidadão de Maceió, é mais do que merecido, é justo. “É impossível falar em música alagoana e não lembrar de Ponta de Lápis – essa canção – que desde a sua composição nos anos 80, virou uma espécie de hino dos cidadãos maceioenses. Este momento representa um reconhecimento da dedicação de Beto Barbosa à música e de sua contribuição cultural à nossa cidade. O histórico dele fala por si só, que desde muito jovem se dedica à arte e faz muita gente feliz através de suas composições, entre elas a “Ponta de Lápis” esse grande presente para os maceioenses e alagoanos”, disse Samyr Malta.

“Este momento traduz para mim, meus familiares e todos os amigos que a música me deu, a coroação de toda uma vida dedicada à noite da nossa capital. Além disso, receber esta homenagem através do meu amigo e conterrâneo, vereador Samyr Malta, torna o título ainda mais valoroso. Afirmar a partir de hoje, que sou um cidadão da minha amada Maceió, é motivo de muito orgulho e gratidão. Obrigado a todos que aprovaram meu nome para esta tão nobre honraria”, relatou Beto Barbosa.

Segundo  nosso leitor Jean Gomes que também é natural de Mata Grande, Beto Barbosa  se dedicou a advocacia e  reside há um longo tempo no interior da Bahia, junto com a esposa, que foi aprovada como médica num concurso público na cidade de Barreiras. “Constantemente estamos se interagindo pelas redes sociais; o Beto acima de tudo é meu contemporâneo dos velhos tempos da nossa cidade”, disse sorridente Jean, lamentando não poder ter comparecido a Câmara de Maceió  nesta quinta, para assistir o momento da homenagem.

 

Veja abaixo a letra da música Ponta de Lápis

Ponta de lápis, escrevo amor à vista

Viajei de mar acima

Te encontrei em Maceió

Minha Sereia, Ponta Verde, Pajuçara…

Os teus braços me embalam

Saudade de Maceió

 

“M” de mar

“A” de amor

“C” de carinho, sol e mar de Maceió

“E” de eterno

“I” de ilusão

“Ó”, Maceió, você roubou meu coração!

 

Ai, que saudades do céu, do sal, do sol de Maceió

Ai, que saudades do céu, do sal, do sol de Maceió

Ai, que saudades do céu, do sal, do sol de Maceió

Ai, que saudades do céu, do sal, do sol de Maceió…

Fonte: Edmílson Teixeira

Comentários

MAIS NO TH