Cidades

14 de fevereiro de 2020 10:34

Jaraguá Folia prevê mais de 50 mil foliões

Evento vai contar com mais de 100 blocos que devem iniciar a concentração para o desfile a partir das 18h na Praça Sinimbu

↑ Concentração do Bloco Filhos da Pauta para desfile no Jaraguá Folia em prévias carnavalescas passadas (Fotos: Adailson Calheiros)

As prévias carnavalescas da capital alagoana tiveram início ainda no início de janeiro, mas hoje (14) de fevereiro é dia do Jaraguá Folia que está na 20ª edição – um dos eventos mais aguardados da época. Segundo a Liga Carnavalesca de Maceió, o evento deve receber em média 12 mil foliões e cerca de 30 a 40 mil pessoas como público que vão prestigiar a festa. Ou seja, devem passar pelo Jaraguá na noite de hoje mais de 50 mil pessoas.

“Este ano estamos comemorando os 20 anos de criação do Jaraguá Folia – a programação está mais festiva e inclusive como novidade mudamos até o logotipo do evento. Mas, estamos em stand by por conta da indefinição dos patrocinadores. Mas, era um investimento maior nas troça carnavalesca. Iríamos iniciar uma política de estímulo da formação deste grupo histórico que andam sumidos”, conta o carnavalesco Edberto Ticianeli, um dos membros da Liga Carnavalesca da Capital.

O jornalista e relações públicas Maxwell Monteiro estará entre os foliões que vão prestigiar o Jaraguá Folia. E ele não vai sozinho. “Todos os anos vou para as prévias de Carnaval no Jaraguá Folia e no dia do Pinto da Madrugada. Como sou doido por Carnaval, sempre reúno os amigos para curtir essas festas na nossa cidade, sendo assim, uma forma de preparação também para o Carnaval – que sempre passamos juntos em Salvador’’.

O folião conta que inicia os festejos em terras alagoanas e aproveita para usar adereços e fantasias por ser tradicional. “Começamos a pular aqui, e só paramos na quarta-feira de Cinzas. Especificamente no Jaraguá Folia, eu e meus amigos sempre buscamos usar alguma fantasia ou adereços que caracterize o grupo. Ou até mesmo uma camisa com frase que chame atenção. Cada ano procuramos inovar e fazer algo diferente. Tudo pela folia e diversão do momento’’.

AGREMIAÇÕES

Ticianele comenta que a festa vai oferecer aos foliões a alegria dos tradicionais blocos de rua.

“Cem blocos devem fazer a festa. Não sabemos ainda se as faculdades irão colocar ou não algum bloco, pois aulas iniciaram recente. Mas se forem devem se juntar a esses”.

O carnavalesco conta ainda que existe uma carência de orquestra de frevo. “Praticamente não temos mais. Inclusive, algum grupo nos procurou informando que não conseguirão, pois elas não estariam disponíveis. Mas, muitos vão sair seguindo outros blocos”.

A concentração dos blocos segundo a Liga Carnavalesca é a partir das 18h. “Assim que a rua fechar, os foliões já começam a se reunir – isso por volta das 18h. O horário definido do evento é às 20h o início e término às 2h da manhã’’.

 

O trajeto, nesta edição, voltará a seguir o curso tradicional: com concentração na Praça Sinimbu e saída em direção à Avenida da Paz, à beira-mar, seguindo para a Rua Sá e Albuquerque, uma das mais famosas do centro histórico, e término na Praça Dois Leões. O tradicional Filhinhos da Mamãe, que desde o ano passado faz seu cortejo uma semana antes do Jaraguá Folia, ocupará nesta sexta o Museu Theo Brandão, sua casa ao longo de todas as suas décadas de existência, com um baile regado a muito frevo e alegria, também às 20h.

Bloco
Organizado por estudantes, Filhos da Pauta volta ao evento

Quem volta a fazer parte da tradição é o bloco Filhos da Pauta – Completando 29 anos, ele  retorna ao Jaraguá Folia 2020 e promete uma grande festa, a partir das 19h30, na praça Sinimbu. Este ano, a novidade é que o bloco antes organizado por jornalistas e radialistas, agora está sendo organizado por estudantes da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) que fazem parte do Diretório Acadêmico Freitas Neto (DAFN), entidade que representa os estudantes de Jornalismo e Relações Públicas. A expectativa é de um público de 700 pessoas para pular na folia com água e cerveja liberadas.

Quem vai animar a festa é a Orquestra Terremoto de Coqueiro Seco. Quem quiser sair no Filhos da Pauta é só realizar a compra virtual no site. Abadá, copo e abanador irão caracterizar os foliões mais animados do Jaraguá Folia. Para acompanhar todas as novidades do bloco Filhos da Pauta, é só seguir o perfil no Instagram.

CRIAÇÃO

O bloco Filhos da Pauta arrasta foliões desde 1991, consagrando-se no elenco tradicional de blocos da Liga Carnavalesca. O público-alvo é formado por estudantes e profissionais da área de comunicação, mas a folia arrasta todo mundo, sem restrição de profissão ou curso.

Personalidades de renome na comunicação alagoana já estiveram no FDP, com o destaque de Dênis Agra, Edécio Lopes e Freitas Neto.

Este ano, a organização do bloco foi transferida do Sindicatos dos Jornalistas de Alagoas (Sindjornal) para o DFN. Antes mesmo de se lançarem no mercado de trabalho, os alunos estão convocando profissionais e amigos para rememorar o bloco histórico.

“Tudo está dentro do planejado e a aceitação está muito boa. É um bloco memorável e estamos surpresos com a aceitação tanto dos jornalistas quanto do público em geral. É uma missão para a gente levar o nome do bloco para o Jaraguá Folia”, disse um dos estudantes.

Bloco Pau e Lata sai com seus ritmos da cultura afro

O bloco Pau e Lata também fará parte da festa e convida a população para pular as prévias carnavalescas de 2020. O bloco irá manter a tradição da concentração no dia 14 de fevereiro no percurso do Jaraguá folia, levando os foliões com os ritmos da cultura popular e afro brasileira a partir das 19 horas a saírem às ruas do bairro histórico de Jaraguá.

Há 24 anos Projeto Pau e Lata desenvolve suas atividades de musicalização com banda rítmica, tendo a sucata como instrumentos de percussão.

Tem uma prática político-pedagógica com jovens e adolescentes, construindo em conjunto uma consciência de cidadania ativa através de uma militância cultural e ambiental, transformando em música vários elementos do cotidiano como latas, tambores plásticos, bujões entre outros.

O Grupo também participará da sétima edição do Bloco Sururu da Lama, que sai no dia 15 de fevereiro com concentração no Sete Coqueiros compondo o Circuito do Pinto da Madrugada.

 

Fonte: Tribuna Indepedente / Lucas França

Comentários

MAIS NO TH