Cidades

5 de fevereiro de 2020 10:46

Sinteal faz manifestação em defesa da autonomia das escolas

Processo de matrícula on-line, que promete facilitar a vida das pessoas, só está gerando transtornos para a comunidade

O Sinteal realiza um ato público na manhã desta quarta-feira (5), em frente à Secretaria de Estado da Educação cobrando reconhecimento e valorização dos secretários escolares, e protestando contra as medidas que tiram da secretaria das escolas a autonomia para atender a comunidade em serviços como realização de matrícula, enturmação de alunos e emissão de documentos como histórico escolar.

Na última segunda-feira (3), o Sinteal publicou uma matéria relatando o problema. https://www.sinteal.org.br/2020/02/seduc-engessa-secretarias-escolares-e-processo-de-matriculas-da-rede-estadual-trava/

Com as secretarias escolares sem autonomia nenhuma, o processo de matrícula on-line, que promete facilitar a vida das pessoas, só está gerando transtornos para a comunidade.

“O funcionário que está na escola conhece a realidade de cada um, atende a população de forma humana para entender os casos. Casos de crianças especiais que devem ficar próximas dos irmãos, grupos que os professores já detectaram que deveriam ser separados para melhor aproveitamento pedagógico, e muitas outras situações que dependem do olhar humano não são contempladas por esse sistema”, disse Patrícia David, dirigente do Sinteal e agente administrativo.

O protesto de hoje busca o diálogo com a Seduc para garantir melhorias no trabalho dos funcionários da escola e garantir o atendimento adequado à população. “A escola pública é um direito constitucional, e a secretaria escolar é fundamental para garantir que o acesso a ela seja feito da melhor forma. Essa confusão toda só aumenta o trabalho, os custos para o Estado e a comunidade, e aumenta a possibilidade de evasão escolar”, criticou Consuelo Correia, presidenta do Sinteal.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH