Cidades

21 de novembro de 2019 20:26

Afundamento: presidente diz que CSA vai deixar CT do Mutange até 10 de dezembro

CT do Mutange faz aniversário nesta sexta-feira (22); são 97 anos de história

↑ Foto: Reprodução

Nesta quinta-feira (21), foi confirmado que o CSA vai deixar o Centro de Treinamento Gustavo Paiva, no bairro do Mutange, em Maceió, devido aos problemas com extração de sal-gema identificados pelo Serviço Geológico do Brasil nos bairros Mutange, Pinheiro e Bebedouro. Em entrevista à Rádio Pajuçara FM nesta quinta, o presidente executivo do Azulão, Rafael Tenório, confirmou a informação.

“Tivemos uma reunião com diretores da Braskem na terça-feira e ficou decidido que temos que sair do Mutange. Já queremos planejar com a Braskem todas as condições para fazer a pré-temporada no dia 4 de janeiro já fora do Mutange. Nós devemos sair do Mutange, no máximo, no próximo dia 10 de dezembro”, disse o dirigente do clube.

Tenório falou ainda que acertou com o empresário João Feijó, que auxiliou a diretoria do CSA no início da atual gestão, o aluguel do Estádio Nelson Peixoto Feijó, localizado no bairro Cidade Universitária, pelos próximos dois anos. O aluguel será pago pela Braskem.

“O último jogo do Brasileiro será no dia 8 de dezembro. Após isso, a atividade do futebol será encerrada no Mutange e o setor administrativo vai ter que sair até o final do ano. Vamos organizar toda a mudança dos equipamentos para no dia 4 de janeiro, data de início da pré-temporada, estar encaminhando tudo para o Nelson Feijó”, disse Rafael Tenório.

Aniversário nesta sexta

O CT do Mutange faz aniversário nesta sexta-feira (22). Ele foi inaugurado em 22 de novembro de 1922. São 97 anos de história.

Durante muitos anos, o estádio do Mutange foi considerado o mais moderno de Alagoas, sendo inclusive o único com condições de receber jogos noturnos pelo fato de ter refletores, tendo sediado em 1951 o primeiro jogo internacional em Alagoas, o CSA 1 x 1 Velez Sársfield. Atualmente, o CSA passou a disputar suas partidas no Estádio Rei Pelé e transformou o Mutange em um centro de treinamento.

Tribuna Independente informou, nas edições de terça-feira (19) e quarta-feira (20), que a evacuação de áreas no Mutange no entorno de 15 minas de sal da Braskem tinha começado a ser discutida. Cerca de 400 imóveis no local precisariam ser evacuados. Representantes da Braskem, Prefeitura de Maceió, Defensoria Pública do Estado (DPE) e Ministério Público Estadual (MPE) estiveram reunidos nesta semana para iniciar as tratativas.

Fonte: Reportagem: Rívison Batista

Comentários

MAIS NO TH