Cidades

16 de novembro de 2019 16:39

Viagens semiexpressas de ônibus transportam mais de 200 mil passageiros em um ano

Desde que o projeto foi iniciado, 212.621 mil passageiros já utilizaram essas linhas e puderam chegar ao seu destino com mais agilidade e comodidade

↑ As viagens semiexpressas já transportam mais de 200 mil passageiros em um ano (Foto: Pei Fon / Secom Maceió)

Investir em novas tecnologias e projetos para melhorar a mobilidade urbana da cidade é um dos compromissos da Prefeitura de Maceió. Sabendo da importância desses investimentos, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) implantou, há um ano, as viagens semiexpressas em quatro linhas de ônibus já existentes na capital. Desde que o projeto foi iniciado, 212.621 mil passageiros já utilizaram essas linhas e puderam chegar ao seu destino com mais agilidade e comodidade.

Durante o trajeto das viagens semiexpressas, o número de paradas para o embarque e desembarque de passageiros é reduzido. Atualmente, as linhas 907 – Trapiche/ Ufal, 223 – Ipioca/ Mercado, 704 – Benedito Bentes/ Ponta Verde (Via Santa Lúcia) e a 716 – Clima Bom/ Ponta Verde realizam o percurso semiexpresso de segunda a sexta-feira.

“Após um ano operando em Maceió, a SMTT comemora o sucesso das semiexpressas. Os números altos de utilizações mostram o quanto os maceioenses aprovaram esta iniciativa, que conseguiu reduzir em até 20 minutos o tempo de deslocamento dos passageiros. A Superintendência está estudando expandir essas viagens para outras linhas, fazendo com que mais passageiros disponham de maior comodidade e se desloquem pelas vias da cidade em menor tempo”, relatou o gestor da SMTT, Antônio Moura.

Para realizar o embarque em uma das quatro linhas semiexpressas é necessário que o usuário do transporte coletivo tenha em mãos o Cartão Bem Legal de qualquer modalidade, pois o veículo só aceita a bilhetagem eletrônica. Para facilitar a identificação dos passageiros, os ônibus semiexpressos são sinalizados com um adesivo indicando o tipo da viagem e informando que o coletivo só aceita o pagamento da tarifa via Cartão Bem Legal.

Com as viagens semiexpressas, o tempo de deslocamento dos ônibus foi reduzido (Foto: Ascom SMTT)

A universitária Andrezza Albuquerque aprova a linha semiexpressa e destaca a agilidade das viagens. “Antes eu precisava pegar o ônibus muito cedo para não correr o risco de me atrasar ou ficar presa no trânsito. Utilizando a semiexpressa, agora posso me arrumar com mais tranquilidade para ir à universidade. Melhorou bastante o meu dia a dia”, afirmou.

Horário e trajeto das linhas

A linha 907 – Trapiche/ Ufal é a mais utilizada pelos usuários do Sistema Integrado de Mobilidade de Maceió (SIMM), com o total de 113.315 mil passageiros. Os veículos nesta modalidade saem do terminal do Trapiche às 05h35, 06h35, 08h30, 09h34, 11h30, 12h35, 14h15 e 15h22. Nessas viagens, os passageiros podem embarcar e desembarcar no ônibus até a Rua Professor Loureiro, no bairro da Ponta Grossa. Depois deste ponto, o embarque e desembarque é realizado apenas a partir da Avenida Tomás Espíndola, no bairro Farol.

Com viagens nos horários de 06h07 e 06h17, a linha 704 – Benedito Bentes/ Ponta Verde (Via Santa Lúcia) conseguiu embarcar 45.632 mil usuários. Os passageiros podem utilizar a semiexpressa desta linha a partir do primeiro ponto localizado na Avenida Benedito Bentes até o ponto de ônibus próximo ao Makro, na Avenida Durval de Góes Monteiro, no Tabuleiro do Martins. Após esta parada, o cidadão só poderá embarcar e desembarcar novamente no ponto da Casa Vieira, no Farol. Depois disso, o desembarque para esta linha só é permitido a partir da Praça do Centenário, no Farol.

A linha semiexpressa com o terceiro maior número de passageiros é a 716 – Clima Bom/ Ponta Verde, totalizando 33.646 mil utilizações. Na viagem semiexpressa da linha, os passageiros podem embarcar no veículo às 06h03 e às 06h30, desde o terminal do Clima Bom até o ponto próximo aos Correios da Avenida Durval de Góes Monteiro, no bairro do Tabuleiro do Martins. Depois desta parada, a população pode embarcar e desembarcar novamente no ponto da Casa Vieira, no Farol. Depois disso, o desembarque para esta linha só é permitido a partir da Praça do Centenário, também no Farol.

Já a linha 223 – Ipioca/ Mercado contabilizou 20.028 mil passageiros usando a viagem semiexpressa. Com os horários de 05h50 e 06h30, o veículo realiza o seu percurso normal, embarcando os cidadãos do bairro de Ipioca e das comunidades vizinhas até a Praça Emílio de Carvalho, em Riacho Doce. Após esta parada, as viagens seguem direto até um shopping localizado em Cruz das Almas, onde os usuários podem começar a desembarcar.

Fonte: Ascom SMTT

Comentários

MAIS NO TH