Cidades

21 de outubro de 2019 15:58

Defesa Civil convoca beneficiários do lote 6 com iniciais de M a Z

Atendimento está sendo realizado das 9h às 14h, na sede da Defesa Civil de Maceió, localizada na Rua Cônego João Barros Pinho, 107, no bairro do Pinheiro

↑ Renovação da Ajuda Humanitária segue nesta terça-feira para os beneficiários com as letras de M a Z (Foto: Ascom Defesa Civil)

A Coordenadoria Municipal Especial de Proteção e Defesa Civil (Compdec) segue convocando os moradores do bairro Pinheiro inseridos no lote 6 da Ajuda Humanitária do Governo Federal para o processo de renovação do benefício. Nesta terça-feira (22), podem fazer a renovação os moradores cujos nomes iniciam com as letras de M a Z.

O atendimento está sendo realizado das 9h às 14h, na sede da Defesa Civil de Maceió, localizada na Rua Cônego João Barros Pinho, 107, no bairro do Pinheiro.

Para realizar o procedimento, os beneficiários deverão confirmar os dados cadastrais e assinar um Termo de Responsabilidade informando que permanecem fora da área de risco e que utilizam o recurso federal para fins de moradia.

O cronograma de renovação, dividido de acordo com a primeira letra no nome do titular do auxílio-moradia social, se encerra nesta quarta-feira (23), quando serão atendidos todos os beneficiários do lote 6 que perderam o prazo para a renovação.

A renovação da Ajuda Humanitária e as regras estabelecidas atendem recomendação da Defesa Civil Nacional e Defensoria Pública Estadual e pretende evitar que os moradores continuem nos imóveis localizados nas áreas de risco, mesmo recebendo o aluguel social.

Cronograma de renovação do lote 6:

17/10 (quinta-feira) – beneficiários cujos nomes iniciam com as letras de A a D;

18/10 (sexta-feira) – beneficiários cujos nomes iniciam com as letras de E a I;

21/10 (segunda-feira) – beneficiários cujos nomes iniciam com as letras de J a L;

22/10 (terça-feira) – beneficiários cujos nomes iniciam com as letras de M a Z;

23/10 (quarta-feira) – para os beneficiários do lote 6 que perderam o prazo.

Fonte: Ascom Defesa Civil

Comentários

MAIS NO TH