Cidades

14 de julho de 2019 09:44

SMTT completa 34 anos e servidores relatam suas trajetórias

De 1985 pra cá, Maceió passou por diversas mudanças e o órgão que trata, sobretudo, da mobilidade urbana da capital, precisou acompanhar as transformações e desenvolver ações que garantissem o ir e vir das pessoas com segurança

Neste mês de julho, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) completa 34 anos de existência. De 1985 pra cá, Maceió passou por diversas mudanças e o órgão que trata, sobretudo, da mobilidade urbana da capital, precisou acompanhar as transformações e desenvolver ações que garantissem o ir e vir das pessoas com segurança. Todas as modificações foram executadas e assistidas por seus servidores, que relatam suas vivências como verdadeiros patrimônios vivos.

Com o aumento da população, cresceu também o desafio de oferecer as devidas condições de tráfego para que os maceioenses pudessem se deslocar por Maceió. Sílvio Sarmento, que é responsável por coordenar a programação das linhas de ônibus e garantir o funcionamento do transporte público urbano, acompanhou toda a estruturação do sistema.

“Como sou da área de transportes desde que entrei na SMTT, ainda em 1985, o maior desafio foi formar um sistema de transportes que fosse usual. À época, fizemos diversas pesquisas com o intuito de organizar e direcionar as linhas para as comunidades e, desde sempre, nosso objetivo foi possibilitar que as pessoas cheguem aos seus destinos com agilidade, dispondo de conforto e segurança nos coletivos”, afirma Sílvio.

A SMTT é a autarquia municipal encarregada por gerir a prestação de serviços públicos de transportes e trânsito, atuar no planejamento, gerenciamento, operação e fiscalização, implantar sinalização viária, além de estudar, planejar e programar as linhas de ônibus do transporte público do Município. Em síntese, suas ações devem garantir a segurança e qualidade viária para os cidadãos.

Antônia Gomes, que em seus 33 anos de SMTT já passou por diversos setores e hoje atua na assessoria de Custos Operacionais do órgão, avalia a importância dos serviços que executa na Superintendência. “Se eu pudesse resumir em uma palavra, seria satisfação. Para mim é um prazer trabalhar aqui. Como servidora pública, oferecer bons serviços à comunidade torna-se imprescindível, e é pensando nisso que eu exerço meu trabalho todos os dias. O transporte é muito dinâmico e nossas ações acabam influenciando no dia a dia da população”, contou a servidora.

Na SMTT desde que foi criada, Fernando Ramos é responsável pelo setor de Sinalização Semafórica. “Eu considero que a sinalização semafórica é a mais democrática das sinalizações, pois busca mediar o fluxo de condutores e pedestres. Para além disso, é um sistema que funciona 24 horas e as equipes precisam estar sempre a postos para realizar a manutenção e os devidos reparos nos equipamentos, pois impactam diretamente no deslocamento das pessoas”, explicou.

O gestor da SMTT Maceió, Antônio Moura, comemora o aniversário do órgão e parabeniza os profissionais que trabalham diariamente para atender e executar as demandas dos cidadãos. “Eu tenho a felicidade de ainda conseguir trabalhar com alguns dos servidores dos primeiros anos da Superintendência. São pessoas que atuam incansavelmente para organizar e gerir os transportes e o trânsito da capital. Enquanto superintendente, sou grato por poder fazer parte dessa história e presenciar os avanços e melhorias que foram implementados, sobretudo nos últimos anos”, enfatizou.

Fonte: Secom Maceió

Comentários

MAIS NO TH