Cidades

24 de maio de 2019 10:07

Ação em parques celebra redução do desmatamento em AL

↑ Parque do Horto recebe cerca de quatro mil visitantes por mês (Foto: Marco Antônio/ Secom Maceió)

O Parque do Horto e o Parque Municipal de Maceió recebem os visitantes de maneira especial neste final de semana. Administrados pela Prefeitura de Maceió, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Semds), os espaços de conservação ambiental celebram no sábado (25) e no domingo (26) um importante dado do estudo divulgado pela Fundação SOS Mata Atlântica e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE): Alagoas é o segundo estado do Brasil com nível zero de desmatamento ilegal da Mata Atlântica. Para comemorar o índice, os parques realizarão a doação de 300 mudas nativas à população.

De acordo com o estudo, publicado ontem (23) e disponibilizado neste link, dos 17 estados brasileiros do bioma, nove estão no nível de desmatamento zero, com desflorestamentos abaixo de 100 hectares, ou 01 Km²; conforme o ranking, Alagoas perde somente para o Ceará. Para o titular da Semds, Gustavo Acioli Torres, a colocação do estado se deve às ações de conscientização e preservação da Mata Atlântica, reforçando a importância dos parques de Maceió neste trabalho que envolve não somente moradores da capital, mas também de outras cidades. Além da educação ambiental realizada nas unidades de conservação, o gestor também cita as ações de plantio como uma das medidas para preservar o bioma.

Lago dos Jacarés é um dos atrativos do Parque Municipal (Foto: Marco Antônio/ Secom Maceió)

“Temos em Maceió duas das maiores reservas de Alagoas em relação à preservação da Mata Atlântica. No Parque Municipal e no Parque do Horto, são cerca de 10 mil visitantes por mês que vão ao local não somente para visitas ou para praticar atividades físicas. No local, eles também aprendem sobre a importância da preservação e de que forma podem colaborar para proteger o bioma de maneira direta, por meio de suas ações no dia a dia. A educação ambiental é o caminho para que possamos não somente conservar, mas também recuperar aquilo que foi desmatado ilegalmente. Cada um tem a sua parcela de responsabilidade e se todos fizerem a sua parte, temos a certeza de que o meio ambiente estará mais bem protegido”, enfatiza o secretário de Desenvolvimento Sustentável.

Criado há 40 anos no bairro de Bebedouro, o Parque Municipal de Maceió tem 84 hectares de área com fauna e flora preservadas. No local, o visitante pode encontrar jacarés-de-papo-amarelo, frangos d’água, tatus bola, cágados de barbicha, preguiças, saguins, gaviões falcões, corujas, raposas, tamanduás-mirim e cobras. Monitorado 24 horas por guardas municipais e fiscais ambientais, o Parque recebe cerca de seis mil visitantes mensalmente e possui cinco trilhas acessíveis ao público, além de fonte de água mineral.

Com aproximadamente quatro mil visitantes por mês, o Parque do Horto foi reaberto ao público no ano passado por meio de um acordo de cooperação técnica firmado entre a Prefeitura de Maceió e a Superintendência do Ibama em Alagoas. O local tem uma extensão de 55,43 hectares e fica atrás da sede administrativa do órgão federal, na Avenida Fernandes Lima, bairro Gruta de Lourdes. Lá, há quase 20 anos, famílias utilizavam o espaço para caminhadas, mas havia sido fechado para visitação. O Parque é uma Área de Preservação Permanente (APP) instituída por meio do Decreto Federal 1.709 de 20 de novembro de 1995, sendo a terceira maior reserva planta de árvores da espécie Pau-Brasil, com aproximadamente 7500 exemplares.

Com 84 hectares de área preservada, o Parque Municipal de Maceió é uma das maiores unidades de conservação de Alagoas (Foto: Marco Antônio/ Secom Maceió)

Responsável pela administração dos parques, Fábio Palmeira também reitera a importância da educação ambiental em relação à conservação da Mata Atlântica e explica a ação que será realizada durante o final de semana. “No Horto, que é administrado pela Prefeitura de Maceió em parceria com o Ibama, realizaremos no sábado (25) a doação de 100 mudas nativas aos que chegarem para visitar o local. Já no Parque Municipal, a ação será concentrada no domingo (26) com a doação de 200 mudas e realização de trilha com os visitantes. Este é mais um momento de conscientização para celebrar um dado importante para o nosso estado, que concentra na capital duas grandes reservas ambientais”, afirma o gestor.

No Horto, situado na Avenida Fernandes Lima, a doação será realizada a partir das 08h. No domingo, no Parque Municipal em Bebedouro, a ação acontece a partir das 09 horas seguida de trilha guiada. As duas realizações são abertas ao público sem a necessidade de realização de inscrição ou restrição de faixa etária. Outras informações, a exemplo do agendamento de visitas às unidades de conservação, podem ser obtidas por meio dos números 0800 082 2600 ou (82) 98801-3651.

Fonte: Ascom Semds

Comentários

MAIS NO TH