Cidades

22 de abril de 2019 18:15

A partir desta terça (23), bairro Pinheiro será monitorado por GPS de alta precisão

Acompanhamento de dados é em tempo real e auxiliará autoridades na tomada de decisão

↑ Situação do Pinheiro e bairros vizinhos deixa Defesa Civil sempre em alerta (Foto:Marco Antonio / Secom Maceió)

A partir desta terça-feira (23), o Bairro do Pinheiro passa a contar com um sistema de monitoramento de alta precisão para medições de possíveis movimentações de solo, o GPS diferencial. O sistema é composto por uma rede de receptores GNSS (Global Navigation Satellite System), de precisão milimétrica, utilizados em levantamentos topográficos, em escala local, e geodésicos, em escala mundial. A atividade terá início na Travessa Camaragibe, às 8h.

A combinação desses receptores permite o acompanhamento de dados em tempo real e auxiliará autoridades na tomada de decisão e adoção de medidas cabíveis em casos de movimentações não previstas no solo. Os dados serão enviados à central de monitoramento, que ficará localizada na sede da Defesa Civil de Maceió, situada na Rua João Barros Pinho, nº 107, no bairro do Pinheiro.

A primeira etapa do serviço é um monitoramento temporário em seis pontos de observação do bairro, pré-selecionados junto à Prefeitura de Maceió e a Defesa Civil. A segunda fase do projeto tem início previsto até 20 de maio, quando chegam os equipamentos para instalação de pontos fixos de monitoramento. O sistema será interligado a um software de processamento de dados capaz de gerar um diagnóstico preciso das movimentações do solo, o que permitirá a realização de ações preventivas.

Esse monitoramento é mais um avanço das ações emergenciais propostas pela Braskem para mitigação dos problemas do bairro do Pinheiro e incluídas no Acordo de Cooperação Técnica firmado entre a empresa, o Município de Maceió, o Ministério Público Federal (MPF-AL), o Ministério Público Estadual (MPE-AL), o Ministério Público do Trabalho (MPT-AL) e o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA-AL).

Desde o ano passado, quando surgiu o agravamento dos problemas do Bairro do Pinheiro, a Braskem tem colaborado com as autoridades para a identificação das causas das ocorrências do bairro, diante do seu compromisso de atuação responsável com a sociedade alagoana.

Experiência reconhecida

Para o serviço de GPS diferencial, a Braskem contratou as empresas Santiago e Cintra Geo-Tecnologias e a PCP Engenharia, ambas sediadas no estado de São Paulo. A Santiago e Cintra possui 40 anos de experiência e é pioneira em tecnologia avançada para o mercado topográfico; já a PCP Engenharia é especialista em monitoramento topográfico/geodésico e Geotécnico, com experiência em grandes projetos no Brasil.

Guia traz informações úteis a moradores da região do Pinheiro

A Defesa Civil de Maceió inicia nesta semana a distribuição de um guia com informações úteis para os moradores de Bebedouro, Mutange e Pinheiro. O livreto tem 12 páginas, foi produzido pela Prefeitura de Maceió e pelo Governo do Estado e explica, em linguagem simples e objetiva, questões sobre a situação de risco nos bairros, os serviços oferecidos pelos órgãos públicos, e os canais de comunicação oficiais em que população pode obter informações confiáveis.

Dividido em capítulos, o guia explica, por exemplo, a classificação das áreas de risco (vermelha, laranja e amarela) e as formas de acionamento da Defesa Civil. Traz ainda dicas importantes sobre o que levar ao abrigo provisório em caso de evacuação, como cuidar dos animais de estimação e como obter apoio psicológico da Secretaria Municipal de Saúde, além de um glossário com palavras usadas constantemente pelos órgãos públicos durante a execução de serviços, estudos e atendimento à população.

Acesse a cartilha no endereço http://www.maceio.al.gov.br/wp-content/uploads/2019/04/pdf/2019/04/cartilha-2019-Pinheiro.pdf .

Fonte: Assessorias Braskem e Secom Maceió

Comentários

MAIS NO TH