Cidades

11 de abril de 2019 20:58

Cadastro de moradores do bairro do Pinheiro segue até o dia 18; confira lista

Só deve procurar a Secretaria quem teve imóvel incluído nas áreas amarela e laranja

↑ Bairro do Pinheiro - Foto: Secom Maceió

Os donos de imóveis das áreas laranja e amarela do bairro do Pinheiro, em Maceió, que ainda não fizeram o cadastro no auxílio-moradia social vão ser atendidos pela Defesa Civil de Maceió até a próxima semana. O cadastramento seria encerrado nesta sexta-feira (12), mas o órgão decidiu continuar realizando o serviço até a próxima quinta-feira (18) para aqueles que perderam o prazo.

A Defesa Civil de Maceió reitera que só deve procurar a sede da Secretaria Municipal de Assistência Social o proprietário que teve o imóvel incluído nas áreas amarela e laranja do mapa de feições. “É importante que os moradores estejam atentos aos números dos imóveis na lista, visto que nem todas as casas das ruas precisam ser cadastradas. O cadastramento para o auxílio-moradia social é feito conforme avaliação e mapeamento do Serviço Geológico no mapa de feições”, afirma Joanna Borba, coordenadora de Ação Social da Defesa Civil de Maceió. A lista de imóveis pode ser conferida aqui.

Após a Semana Santa, todos os atendimentos serão realizados na nova sede da Defesa Civil, que fica na Rua João Barros Pinho, nº 107, no bairro do Pinheiro. O órgão transfere os serviços para este novo endereço a partir de segunda-feira (15). A sede foi instalada em uma casa espaçosa e vai contar com salas de monitoramento e atendimento ao público. O Call Center (0800 030 6205) também será transferido para o local.

Para fazer o cadastramento, os moradores precisam levar, além dos documentos pessoais (RG, CPF e comprovante de residência), a certidão do imóvel para comprovação da posse. Se o proprietário for casado, é necessária a documentação do cônjuge.

Se o proprietário for divorciado e tiver na escritura o nome do ex-cônjuge, é necessário apresentar a averbação de divórcio. O auxílio-moradia é no valor de mil reais e será pago por seis meses, prorrogável por mais seis. O atendimento é realizado na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), que fica na Avenida Comendador Leão, nº 1383, no bairro Poço, das 9h às 15h. Um ônibus da Defensoria Pública está na Semas para auxiliar as famílias que têm pendências em documentos, principalmente no registro dos imóveis.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH