Cidades

13 de março de 2019 09:32

Negociação salarial para rodoviários não avança

Empresas apresentaram os números da média de passageiros dos últimos meses, dos quais, registraram queda de 8%

↑ Sinttro e Sinturb não entram em acordo (Foto: Assessoria)

A primeira rodada foi realizada na tarde desta terça-feira (12), na sede do Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros – Sinturb, e contou com a presença do Sindicato do Trabalhadores em Transporte Rodoviários – Sinttro, que juntos, discutiram a atual situação do setor em meio ao reajuste de 2019 dos rodoviários.

Durante a reunião, as empresas apresentaram os números da média de passageiros dos últimos meses, de julho de 2018 até fevereiro deste ano. Foi registrado uma queda de 8%, o que impossibilitaria o avanço de qualquer proposta para a classe dos rodoviários, já que qualquer aumento está vinculado ao crescimento de passageiros no setor.

Outro fator que atrapalha é o do reajuste da tarifa previsto para janeiro, que ainda não foi concedido às empresas, o pedido foi protocolado junto à SMTT em dezembro. Esses dois fatores influenciam no desequilíbrio econômico das quatro empresas de Maceió.

Em convenção coletiva assinada junto aos rodoviários em agosto do ano passado, foi acordado reajuste para março deste ano nas seguintes condições: não havendo recuperação do setor, seria repassado aos rodoviários apenas a inflação correspondente ao período dos meses acima.

O Sinttro levará os dados sobre o desequilíbrio das empresas para todos os rodoviários. O Sinturb teme eventuais paralisações do sistema, mas está aberto as negociações junto à categoria para evitar prejuízos para as três partes envolvidas, população, rodoviários e empresas.

As negociações continuam na quarta-feira dia 20 de março.

Fonte: Tribuna Hoje, com assessoria

Comentários

MAIS NO TH