Cidades

21 de janeiro de 2019 10:24

Serviço Geológico do Brasil inicia estudo de sondagem no Pinheiro

↑ Rachaduras atingem ruas e imóveis do bairro do Pinheiro desde o início do ano passado e têm deixado moradores em pânico (Foto: Sandro Lima)

A partir desta segunda-feira (21), pesquisadores em Geociências do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) começarão a trabalhar com mais uma metodologia de investigação do subsolo no bairro Pinheiro, em Maceió, Alagoas. O objetivo principal é identificar, por intermédio de sondagens a percussão, as características das camadas de solo e sedimentos que compõem o terreno em profundidade.

De acordo com o pesquisador em Geociências da CPRM Julio Lana, serão executados testes de penetração, a fim de descobrir se no subsolo existem camadas com baixa capacidade de suporte, que poderiam contribuir para a deformação das edificações em superfície. De maneira geral, o teste consiste na cravação de um cilindro metálico por meio da aplicação de golpes causados pela queda livre de um martelo de 65 kg. As perfurações terão profundidade máxima de 20 metros e larguras de cerca de 7cm.

O estudo não oferece nenhum risco à população, tampouco agrava as fissuras e afundamentos já identificados. As batidas do martelo podem gerar ruídos sonoros. As Defesas Civis Estadual e Municipal acompanharão a execução do trabalho.

A CPRM finalizará nesta semana a aquisição de dados dos levantamentos de Eletrorresistividade e Batimetria no município. As informações coletadas serão interpretadas pelos analistas e pesquisadores em Geociências.

Leia abaixo as perguntas e respostas sobre a metodologia:

O que é uma sondagem?

De maneira simplificada, uma sondagem nada mais é do que a execução de uma pequena perfuração do terreno com utilização de equipamentos específicos para tal.

Para que serve a sondagem?

A sondagem é um método de investigação do subsolo, por meio de sua perfuração, cujo objetivo principal é identificar as características dos materiais que compõem o terreno em profundidade. Por meio da realização de sondagens, pode-se reconhecer as diferentes camadas de solo, rocha ou sedimentos que formam uma determinada região, assim como efetuar testes que permitem identificar suas características. Esses testes podem ser aplicados durante a realização das perfurações ou por meio da coleta de amostras enviadas posteriormente a laboratórios especializados.

Qual sondagem será realizada no bairro Pinheiro?

No bairro Pinheiro serão realizadas sondagens a percussão, por meio das quais serão efetuados testes de penetração que indicam a capacidade de carga de um terreno em diversas profundidades, ou seja, se o terreno oferece suporte adequado para as construções sem causar deformações que possam comprometer sua estrutura.

Como são feitas as sondagens?

De maneira geral, as sondagens a percussão consistem na cravação de um cilindro metálico, por meio de golpes aplicados pela queda de um martelo de 65 kg.

Qual a profundidade das perfurações?

As perfurações terão profundidade máxima de 20 metros, podendo ser interrompidas antes, conforme resultados dos testes de penetração.

Qual a largura das perfurações?

As perfurações são muito pequenas (cerca de 7cm de largura).

As sondagens vão agravar as rachaduras e afundamentos identificados e oferecer risco à população?

Não. Esses procedimentos são regidos por normas técnicas e são executados por empresas especializadas. Os testes de penetração são amplamente utilizados em áreas urbanas para o dimensionamento de fundações de prédios, pontes, entre outras edificações. No próprio bairro Pinheiro, diversas sondagens a percussão já foram realizadas para a implantação de prédios. As batidas do martelo para a cravação do revestimento não causam abalos perceptíveis no terreno.

Fonte: Ascom CPRM

Comentários

MAIS NO TH