Cidades

20 de janeiro de 2019 13:07

Escolas municipais no Pinheiro serão realocadas

Medida foi adotada para tranquilizar a comunidade escolar, que envolve 700 crianças e adolescentes

↑ Ana Dayse – Secretária de Educação (Foto: Marco Antônio/Secom Maceió)

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) informa que por medida de prevenção e segurança, as Escolas Municipais Brandão Lima, Edécio Lopes e Luís Calheiros Júnior, sediadas no bairro do Pinheiro, serão realocadas para imóveis nos bairros de Bebedouro e Pitanguinha no início do ano letivo de 2019.

A medida foi adotada para tranquilizar a comunidade escolar, que envolve 700 crianças e adolescentes, e para prevenir boatos em razão da situação de instabilidade em estudo no bairro do Pinheiro.

“Os estudos geológicos estão sendo executados com responsabilidade para identificar as causas das fissuras no bairro e não há nenhuma recomendação específica sobre os imóveis onde funcionam essas escolas. No entanto, nós lidamos com um público muito diverso, com crianças e adolescentes, e precisamos manter as atividades em plenas condições de segurança. A mudança dará maior tranquilidade aos pais, alunos, professores e servidores”, afirma a secretária municipal de Educação, Ana Dayse Dórea.

Ela informou que os imóveis para sediar as atividades das escolas já estão em negociação e que haverá transporte escolar para o deslocamento dos estudantes. “Parte dos alunos que estudam nas escolas do Pinheiro é da região de Bebedouro, Chã da Jaqueira e da Pitamguinha, o que facilitará o acesso ou o transporte, que está assegurado para os que precisarem. A mudança já foi discutida com os diretores das unidades, que concordaram ser esta a melhor solução”, explica.

A secretária explica que a Escola Luís Calheiros Júnior é um Cmei – Centro Municipal de Educação infantil, e a maioria dos alunos são da Pitanguinha. “Por isso, as diretoras preferem que procuremos um imóvel por lá. Inclusive, estão nos ajudando na busca de uma casa ou prédio que acomode essa unidade”.

Fonte: Secom Maceió

Comentários

MAIS NO TH