Cidades

10 de janeiro de 2019 21:52

Informações do CadÚnico podem ser acessadas pela internet

Aplicativo facilita o acesso às informações cadastrais e facilita a vida de usuários que antes precisavam se deslocar às unidades de atendimento

↑ Ferramenta permite acessar as informações do Cadastro Único pelo celular (Foto: Ascom Semas)

As mais de 138 mil famílias maceioenses inseridas no Cadastro Único para programas sociais (CadÚnico) podem utilizar a internet para consultar as informações cadastrais. Os usuários podem acessar o site Consulta Cidadão ou o aplicativo Meu CadÚnico e não precisam se deslocar para uma das unidades de atendimento da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) em Maceió para ter acesso aos dados cadastrais.

No Consulta Cidadão é possível acessar individualmente informações como faixa de renda, composição familiar, data de cadastramento e Número de Identificação Social (NIS) dos integrantes da família. Ao final da consulta, os usuários poderão salvar e imprimir as informações, que servirão como comprovante de inscrição. O documento é exigido para ingresso em determinados programas sociais ofertados por estados e municípios.

As mesmas informações também podem ser obtidas pelo celular, através do aplicativo Meu CadÚnico, uma versão mobile do site Consulta Cidadão.

A coordenadora do CadÚnico em Maceió, Stephanie Cavalcanti, reforça que as ferramentas facilitam a vida dos usuários, que antes precisavam se deslocar para uma das unidades de atendimento espalhadas pela cidade para ter acesso, por exemplo, ao NIS de todos os integrantes da família no cadastro.

“As pessoas que têm acesso à internet pelo computador ou celular podem visualizar e imprimir um resumo das suas informações cadastrais. Eles podem consultar se os dados do seu cadastro estão atualizado e apenas procurar as unidades de atendimento numa real necessidade”, disse a coordenadora.

Para fazer a consulta, o beneficiário precisa inserir o nome completo, data de nascimento e nome da mãe, além do estado e município de origem.

Além da opção de consulta, as duas ferramentas trazem informações sobre os programas sociais do Cadastro Único, como Bolsa Família, Isenção de Taxas de Inscrição em Concursos Público, Identidade Jovem, entre outros, e localiza os equipamentos sociais mais próximos. “No aplicativo Meu CadÚnico ainda é disponibilizada a localização dos Cras (Centros de Referência de Assistência Social) mais próximos de onde o usuário está”, ressaltou Stephanie.

Outra facilidade do aplicativo – desenvolvido pelo Ministério do Desenvolvimento Social – é a validação do comprovante de cadastramento a partir do leitor de QRCode, código que pode ser escaneado pela câmera do celular. Por meio do código ou de uma chave de segurança, o cidadão poderá compartilhar o comprovante, caso algum programa social deseje verificar a autenticidade da informação, como concursos públicos ou no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

A Semas orienta que para ter acesso ao aplicativo Meu CadÚnico, basta baixar gratuitamente nas lojas de aplicativos para Android e IOs. Já o Consulta Cidadão pode ser acessado clicando aqui.

Fonte: Ascom Semas

Comentários

MAIS NO TH