Cidades

13 de novembro de 2018 19:27

Projeto Vamos Subir a Serra tem início nesta quarta-feira (14)

Nesta quarta, na inauguração, atividades começam às 8h30, no Auditório Ganga Zumba

↑ Segunda edição do projeto acontecerá em Maceió e em União dos Palmares (Imagem: Divulgação)

Nesta quarta-feira (14), terá início a segunda edição do Vamos Subir a Serra, projeto voltado à preparação da comunidade para a subida à Serra da Barriga no dia 19, que envolve exposições artísticas, apresentações culturais, palestras, mesas redondas e feiras de produtos afro e quilombolas. A ação é realizada pelo Centro de Cultura e de Estudos Étnicos Anajô, com o apoio da Prefeitura de Maceió, por meio da Fundação Municipal de Ação Cultural (Fmac).

A programação, todos os dias, ocupa as manhãs, as tarde e as noites. Nesta quarta, na inauguração, as atividades começam às 8h30, no Auditório Ganga Zumba, dentro do Espaço Cultural Zumbi dos Palmares, montado na Praça Multieventos, com o seminário Organização e cidadania. Às 9h, no Centro Cultural Arte Pajuçara, escolas convidadas da Rede Municipal de Educação reúnem seus alunos para a exibição do filme Pantera Negra, blockbuster dos Estúdios Marvel que, pela primeira vez nessas dimensões, leva um super-herói africano às telonas.

Também no Espaço Cultural Zumbi dos Palmares, às 14h30, Tony Edson, da Escola Técnica de Artes da Ufal, comanda uma contação de histórias para crianças na Praça Dandara. Logo depois, o Contramestre Arapuá dá início a uma aula de capoeira infantil. Às 17h, no mesmo espaço da Praça Multieventos, serão inauguradas as exposições Herança Viva, de Januário Garcia, e Benigon Benin, de Francisco Oiticica, que retrata o importante momento de intercâmbio cultural da Missão Maceió-Benim (antigo Daomé).

Após a inauguração da exposição, tem início no Auditório Ganga Zumba a mesa de diálogo Saravá Benin!, na qual Vinícius Palmeira, presidente da Fmac, o fotógrafo Francisco Oiticica e outros participantes da missão dividirão com os presentes sua experiência no pequeno país no oeste da África. Para Vinícius, a intenção é vincular cada vez mais Maceió ao Benin.”Será uma apresentação das emoções e das impressões de cada um dos membros da delegação”, disse.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH