Cidades

1 de maio de 2018 17:55

Defesa Civil segue de prontidão no período chuvoso e mantém assistência à população

Órgão visa garantir o atendimento minimizando os riscos nas áreas vulneráveis

↑ Defesa Civil está de prontidão para atender ocorrências (Foto: Lucas Alcântara / Assessoria da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável)

Com previsão de chuva para esta terça-feira, dia 1º de maio, a equipe da Secretaria Adjunta Especial de Defesa Civil segue com o plantão iniciado no final de semana para prestar assistência à população. Com ações nas ruas, o órgão também integra as secretarias de serviço da Prefeitura de Maceió para garantir o atendimento de forma ampla, minimizando os riscos nas áreas vulneráveis.

De acordo com o titular da Defesa Civil, Dinário Lemos, o trabalho de hoje segue com a instalação de lona na Grota Santa Rosa de Lima, entre os bairros Feitosa e Jacintinho, além dos serviços em locais obstruídos pelo volume de resíduos. As equipes também estão nas ruas prestando atendimento aos registros. Lemos orienta que em qualquer ocorrência, a população deve acionar a Prefeitura por meio dos telefones 0800 030 6205 e 3315 -1437 ou o Corpo de Bombeiros no 193.

“Seguindo a determinação do prefeito Rui Palmeira, dentro dos trabalhos da Operação Inverno, continuamos com a força-tarefa para agir de imediato em qualquer situação. As secretarias de serviço estão integradas, com atuação ampla de órgãos como a Infraestrutura, Assistência Social e Limpeza Urbana. Estamos monitorando as áreas de risco e seguimos de prontidão para atender aos chamados registradas pela população”, destaca Dinário Lemos.

dinário

Dinário Lemos, secretário-adjunto de Defesa Civil (Foto: Assessoria)

Nesta terça, secretários do Município estão na Defesa Civil para acompanhar a coordenação das ações operacionais, a exemplo de Ib Brêda, titular da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) e Gustavo Acioli Torres, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Semds), pasta da qual a Defesa Civil faz parte. Jean Carlos Nascimento, superintendente de limpeza urbana, também acompanha os trabalhos.

Balanço

Em relação ao número de ocorrências, a Defesa Civil recebeu 17 chamados da população, entre segunda-feira (30) e terça-feira (1º), sendo um por ameaça de desabamento de edificação, três desabamentos parciais de edificação, três edificações com problema de estrutura, duas ameaças de deslizamento de barreira, dois deslizamentos de barreira, uma ameaça de queda de árvore, duas crateras e três problemas em escadarias.

A Defesa civil também divulgou hoje o balanço conclusivo do quadrimestre em relação à pluviometria. De janeiro até abril, Maceió registrou 944 milímetros de chuva, número que corresponde a 51% do volume previsto para todo o ano de 2018, 1867mm para os 12 meses.

gráfico

Gráfico mostra comparativo das chuvas em Maceió (Imagem: Assessoria)

Em abril, que é o mais chuvoso dos últimos cinco anos, o esperado era de 207 milímetros, no entanto o registro foi bem além: 487mm, volume que é 135% acima do previsto. Este registro também mostra que nos últimos 30 dias, que corresponde a 43% dos 1.123mm previstos para os quatro meses da quadra chuvosa, período que segue até agosto.

Fonte: Assessoria da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável

Comentários

MAIS NO TH