Cidades

31 de Março de 2018 12:18

Idealizado em 2004, Neafa comunica encerramento de suas atividades

Nota foi emitida neste sábado (31) na página da ONG no Facebook

↑ Comunicado foi publicado nas redes sociais da ONG (Imagem: Reprodução)

O Núcleo de educação Ambiental Francisco de Assis (Neafa) comunicou através de nota o encerramento de suas atividades a partir deste sábado (31). A organização não governamental (ONG) foi idealizada em 2004 pelo médico Ismar Malta Gatto.

Os tradicionais bazares e feiras de adoção do Neafa ajudaram a trazer um novo lar para vários animais na capital alagoana durante os anos em que a ONG esteve em funcionamento. Em nota, o Neafa informa que “mais de 130 mil procedimentos clínicos e cirúrgicos foram realizados, além de diversos exames patológicos e ultrassonografias”.

Confira a nota na íntegra:

Nota de encerramento de atividades do NEAFA e agradecimento

Informamos a todos que o Núcleo de Educação Ambiental Francisco de Assis (NEAFA) encerra suas atividades, permanentemente, a partir deste sábado (31) de março.

Essa organização não governamental (ONG) foi idealizada em 2004 pelo médico e filantropo Dr. Ismar Malta Gatto e vislumbrava: a prevenção e o controle de zoonoses, a proteção dos animais domésticos e a promoção dos direitos dos animais. Nesse sentido, temos o orgulho em afirmar que essa missão foi cumprida durante esses 15 anos de trabalho.

Em sua sede, foram assistidos cães e gatos sob a tutela de pessoas que não possuíam condições financeiras para custear os valores de mercado das clínicas veterinárias. Mais de 130 mil procedimentos clínicos e cirúrgicos foram realizados, além de diversos exames patológicos e ultrassonografias, sem contar com o trabalho de educação ambiental.

Incentivamos a adoção, a guarda responsável, dentre outros cuidados básicos que foram reunidos no guia educativo ‘O NEAFA te ensina a cuidar’. Tivemos o prazer em compartilhar todo esse conhecimento não somente na nossa sede, mas como também nos locais públicos que nos foram disponibilizados para a realização de feiras de adoção e demais atividades.

De forma ativa, o NEAFA participou do marco legislativo alagoano que proibiu o uso de animais em apresentações circenses. Com grande alegria, em 07 de julho de 2010, o governo do Estado sancionou a Lei 7.173 e, desde então, essa prática cruel passou a ser banida em Alagoas.

Podemos dizer que isso tudo foi fruto de uma equipe que trabalhou de forma ética e solidária e, principalmente, com muito amor. Sem deixar esse espírito, encerramos esse ciclo para um próximo, e agradecemos, sem exceções, a todos aqueles que participaram da história do NEAFA.

Atenciosamente,

A Equipe NEAFA.

Fonte: Tribuna Hoje

Comentários

MAIS NO TH