Cidades

6 de julho de 2017 16:30

Governo de Alagoas define medidas iniciais para implantação do viaduto da PRF

Secretário Mosart Amaral e equipe da Setrand se reuniram com empresa executora nesta quinta (6) para visita técnica

Resolver o problema de congestionamento no maior fluxo de tráfego na parte alta de Maceió. Essa é a proposta da construção do viaduto da PRF (Polícia Rodoviária Federal), localizado no bairro Tabuleiro do Martins, no entroncamento de duas rodovias federais, a BR-316 e BR-104. No local, a fluidez do trânsito tem sido comprometida ao longo do tempo com o aumento do fluxo de carros.

A obra, que será executada pelo governo de Alagoas, será de responsabilidade da Secretaria de Transporte e Desenvolvimento Urbano (Setrand). À frente da pasta, o secretário Mosart Amaral esteve, nesta quinta-feira (6), visitando o local onde será implantado o viaduto, acompanhado do secretário executivo, Alcides Tenório e demais engenheiros da Setrand, além de responsáveis da construtora contratada para a obra.

A visita inicial à área da obra se deu para definir estratégias iniciais, como implantação de canteiro de obras e demarcação. Nas próximas semanas, o governador Renan Filho e o secretário Mosart Amaral assinam a ordem de serviço para início das obras.

“Essa é a obra mais urgente de mobilidade em Maceió. A construção do viaduto da PRF será um marco na história da capital que, graças ao empenho do governador Renan Filho, irá sair do papel. Esta rotária já não é mais capaz de atender o fluxo de veículos, por isso, o viaduto irá promover uma série de melhorias no trânsito”, explicou o secretário Mosart Amaral.

Ainda segundo ele, os benefícios da construção do viaduto da PRF vão além da questão urbana, incentivando também a economia local. “Trazendo maior mobilidade, nós proporcionamos um melhor escoamento da produção agrícola e industrial, já que, por ser um ponto de entroncamento de rodovias federais, o fluxo de caminhões por aqui é grande. Além, também, é claro, de incentivar o turismo, já que o trajeto até o aeroporto também será facilitado”, complementa.

Investimento

O viaduto da Polícia Rodoviária Federal vai custar R$ 78 milhões e deve ficar pronto em doze meses, a depender da liberação regular dos recursos. Durante sua construção, serão gerados cerca de 150 empregos diretos.

“A obra terá dois túneis e um viaduto parecido com aquele que há em frente ao Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares. A rotatória continuará. Ali, futuramente, será uma estação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que já está previsto”, explica o secretário de Transporte e Desenvolvimento Urbano.

Fonte: Ascom / Setrand-AL

Comentários

MAIS NO TH