Cidades

7 de junho de 2017 13:02

PT emite nota contra atitude da PM com estudantes durante manifestação

O Partido dos Trabalhadores (PT) de Alagoas emitiu no fim da manhã desta quarta-feira nota de repúdio contra a atitude do Governo do Estado e o Secretário Estadual de Educação que, em uma manifestação pacífica de jovens e crianças realizada hoje pela manhã, na Avenida Fernandes Lima, utilizou-se da Polícia Militar, a qual usou força exageradamente desproporcional, com direito a bombas de efeito moral, helicóptero a até socos desferidos contra os rostos de estudantes indefesos, culminando, inclusive, com a prisão de dois jovens pelo Batalhão de Rádio Patrulha.

O mais grave, se é que existe algo mais grave que agredir nossas crianças e jovens com bombas e socos – é que a manifestação dos estudantes foi em protesto contra a perda do direito ao transporte escolar, abruptamente retirado pela Secretaria de Educação do Estado.

O Governo de Alagoas cometeu dois erros graves. O primeiro, de retirar direitos de nossos jovens ao transporte escolar e, por consequência, à própria educação, posto que a maioria é composta de filhos da classe trabalhadora, e que não tem condições de arcar com R$ 7,00 diários para colocarem seus filhos na escola. O segundo, de reprimir o protesto dos estudantes contra a retirada deste direito.

O Partido dos Trabalhadores em Alagoas, comprometido com sua história de luta em defesa de direitos para a classe trabalhadora e seus filhos, além de REPUDIAR a agressão sofrida pelos estudantes no dia de hoje, EXIGE a imediata abertura de negociações com o objetivo de restabelecer o direito de nossos estudantes terem acesso à educação pública.

Ademais disso, também iremos tomar providências para que o ocorrido na manhã de hoje seja oficialmente comunicado à Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados para que sejam tomadas as devidas providências legais contra policiais militares que, por ventura, tenham cometido quaisquer excessos contra nossas crianças e jovens!

Nenhum direito à menos!

PARTIDO DOS TRABALHADORES

DIRETÓRIO ESTADUAL DE ALAGOAS

Comentários

MAIS NO TH