Cidades

6 de junho de 2017 10:26

Local de lançamento de documentário sobre quilombolas é alterado

Por causa das chuvas, filme será exibido na Unit e não mais no Iphan

A exposição com diversas peças feitas de barro provenientes da comunidade quilombola Muquém, situada no município de União dos Palmares/AL, estará aberta aos alagoanos e turistas que visitam o Estado a partir de 6 de junho, no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional de Alagoas (Iphan), que fica localizado no Jaraguá. Mais de 100 peças confeccionadas por artesãos da comunidade ficarão abertas para visitação e compra até o início de julho. O lançamento do documentário sobre a comunidade, que aconteceria no mesmo local, foi remanejado devido às chuvas recentes que ocasionaram problemas de energia no Iphan. Por conta disto, o lançamento da noite desta terça-feira (6) acontece no Centro Universitário Tiradentes (Unit/AL), no anfiteatro do Bloco C da instituição, às 18h.

Potes, vasos, travessas, panelas, luminárias, objetos decorativos, cabeças de barro, todos estes itens compõem o acervo de arte produzido pelos artesãos e que estará disponível no Iphan. O barro é matéria-prima das peças que hoje são revendidas para apreciadores da arte de todo o Brasil. As cabeças de dona Irineia, por exemplo, são amplamente utilizadas em resorts de luxo, novelas e museus espalhados pelo país.           

O evento é uma organização de alunos do mestrado em Sociedade, Tecnologias e Políticas Públicas da Universidade Tiradentes (Unit/AL) e terá início com o lançamento de um documentário de cerca de 20 minutos que conta um pouco da história da comunidade, dos artesãos e da arte produzida, tudo isso pelas palavras dos próprios quilombolas, além da enchente que atingiu o local em 2010. “Este filme é emocionante por trazer trechos e depoimentos dos artesãos na linguagem típica da região, portanto valoriza a cultura quilombola e permite que as pessoas conheçam a cultura e a força do nordestino em cada detalhe”, explicou o estudante Alexandre Vasconcelos, concluinte do mestrado. O filme será lançado às 18h, com exibição única no dia 6 de junho, no anfiteatro do bloco C da Unit.

Os artesãos retratados no documentário são dona Irineia e o esposo, seu Antônio, além de dona Marinalva e dona Julieta. A exposição também terá peças do seu Edson e o acesso é gratuito. A comunidade Muquém fica localizada em União dos Palmares, zona da mata alagoana, e foi certificada pela Fundação Palmares em 2005. No local, residem 140 famílias e atualmente os artesãos revendem suas peças no Galpão de Artesanato União dos Palmares ou na própria residência, onde os turistas chegam para compra imediata ou encomenda de peças para envio posterior.

Serviço: Lançamento de documentário e exposição quilombola

Onde: Unit e Iphan

Quando: 06 de junho a 02 de julho

Acesso gratuito

 

Fonte: Ascom/Iphan

Comentários

MAIS NO TH