Cidades

5 de junho de 2017 11:33

Mil unidades do Minha Casa Minha Vida são entregues no Pilar

Renan Filho destaca esforço conjunto para atender vítimas das chuvas e pede ampliação do Minha Casa, Minha Vida em Alagoas

O governador Renan Filho participou, na manhã desta segunda-feira (5), no município do Pilar, da entrega de mil unidades habitacionais do Minha Casa, Minha Vida, do governo federal. Na ocasião, ele anunciou que vai pedir a ampliação do programa federal no Estado, sobretudo para atender as vítimas das enchentes nas 27 cidades afetadas.

“As chuvas dos últimos dias em Alagoas nos obrigaram, junto à Caixa Econômica Federal, a dar respostas rápidas para entregar as casas que estavam ficando prontas e esse conjunto aqui no Pilar é mais um exemplo disso. O Minha Casa, Minha Vida é o maior programa do governo federal. Juntos: União, Estado e municípios já construímos, em dois anos, mais de 15 mil casas em Alagoas e é preciso ampliar ainda mais”, afirmou o governador.

Ele acrescentou que o relatório de danos, que está sendo finalizado, apontará o número exato de moradias que precisam ser edificadas em Alagoas por causa das chuvas. “Com o número consolidado, faremos um pedido global para as cidades atingidas”, afirmou Renan Filho.

No Pilar, foram entregues as chaves de 400 moradias do Residencial Morada do Alto e 600 unidades do Cachoeira do Emburi. Mais de 4 mil pessoas foram beneficiadas. Markcilene Marques dos Santos, 21 anos, é uma delas.

Casada e mãe e de um menino de 3 anos, ela e o marido moravam, há 4 anos, nos fundos da casa de dona Marta Mendes dos Santos, mãe de Markcilene. As chuvas caídas em Alagoas e que afetaram mais de 39 mil pessoas também atingiram a antiga moradia de Markcilene.

“A casa chegou no momento que eu mais precisava. Perdi tudo. Mas estou muito feliz, tão feliz e ansiosa que não dormi direito nessa noite”, revelou a dona de casa, que teve a nova residência visitada pelo governador. De acordo com ele, 30% dos beneficiados foram afetados pelas fortes chuvas em suas antigas moradias.

As chaves das unidades habitacionais foram entregues pelo presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Gilberto Occhi, pelo governador Renan Filho e pelo prefeito do Pilar, Renato Filho.

Cada residência custou R$ 61 mil. O investimento total é de R$ 60 milhões. As casas possuem dois quartos, sala, cozinha e banheiro social. O Programa Minha Casa, Minha Vida é executado pelo Ministério das Cidades.

“Oitenta e quatro por cento dessas famílias vão pagar R$ 80,00 de prestação mensal. É uma parcela muito mais barata do que qualquer aluguel no Brasil. As parcelas não podem passar de R$ 270. Quem ganha mais, paga mais; quem ganha menos, paga menos”, explicou Occhi, que fez um apelo para que as famílias não vendam os imóveis, o que é proibido.

Ele anunciou que diante da situação de emergência em 27 municípios alagoanos atingidos pelas chuvas, a CEF liberou o saque de R$ 6.200 do FGTS – inclusive de contas ativas – aos trabalhadores que residem nesses municípios, cujos decretos foram reconhecidos. O banco vai antecipar, ainda, todo o pagamento do Bolsa Família para o dia 19 de junho e conceder 90 dias de carência aos empresários que contraíram empréstimos junto à Caixa, nas 27 cidades atingidas pelas chuvas, para que voltem a saldar os débitos.

O governador destacou o esforço conjunto implementado diante da catástrofe natural que se abateu sobre Alagoas. Ele parabenizou o prefeito do Pilar por ter “colocado os pés na lama” no socorro às vítimas e recordou que Renato Filho ingressou na Justiça com uma ação para evitar que um débito antigo do município junto à Eletrobras impedisse a entrega das mil unidades habitacionais.

Cisp e escola em tempo integral

O prefeito do Pilar anunciou que a escola construída dentro dos conjuntos habitacionais funcionará em tempo integral. Renan Filho, por sua vez, garantiu-lhe que instalará no município um Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), em terreno cedido pela prefeitura, e anunciou que vai recuperar a Escola Estadual atingida pela enchente no Pilar.

Após a solenidade, o governador seguiu ao Benedito Bentes, em Maceió, onde serão entregues as chaves de 1.200 unidades habitacionais do Residencial Morada do Planalto.

“Desde o primeiro momento, o superintendente da Caixa esteve ao nosso lado. Nós buscamos dar celeridade aos conjuntos que estavam próximos de ser concluídos. Nós já entregamos um conjunto do Banco do Brasil com 800 casas em Marechal Deodoro, agora estamos entregando esse aqui em Pilar. Logo mais, entregaremos no Benedito Bentes, em Maceió, para fazer frente às dificuldades vividas pela população nos últimos dias e é isso que as pessoas precisam: respostas rápidas e articulação de esforços”, enfatizou Renan Filho.

 

 

Fonte: Agência Alagoas

Comentários

MAIS NO TH