Cidades

29 de maio de 2017 15:30

Poder Judiciário de Alagoas arrecada donativos para vítimas das chuvas

Servidores e população em geral podem colaborar por meio do projeto Servos doando água, alimentos, cobertores, materiais de limpeza e outros

Em razão das fortes chuvas que atingiram diversas cidades alagoanas, o presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), Otávio Leão Praxedes, lança uma campanha de arrecadação de donativos para os desabrigados por meio do projeto Servidores Solidários (Servos).

Servidores e a população em geral podem colaborar doando cobertores, agasalhos, travesseiros, materiais de limpeza, itens de higiene pessoal e alimentos não perecíveis. As doações devem ser encaminhadas à Secretaria Especial da Presidência, na sede do TJ/AL, à Direção-Geral do Fórum localizado no Barro Duro, ou aos Fóruns do interior, a partir desta segunda-feira (29).

O presidente Otávio Praxedes disse que a Justiça alagoana se solidariza com as pessoas desabrigadas e que se coloca a disposição para ajudar no que for necessário. “Nós do Poder Judiciário de Alagoas expressamos nossa solidariedade às pessoas atingidas pelas chuvas. Aproveitamos também para adotar junto à Secretaria Especial, com o projeto Servos, um procedimento para que os próprios integrantes do Poder possam colaborar na arrecadação de donativos”, ressaltou.

O presidente comentou ainda que vem se comunicando com os juízes para saber a situação de suas Comarcas e colaborar com as necessidades que surgirem. O Poder Judiciário colocou também à disposição da Defesa Civil um caminhão-baú.

Arrecadações para vítimas de Pilar

A Associação Alagoana dos Magistrados (Almagis) também arrecada donativos para os desabrigados da cidade de Pilar. A iniciativa é do juiz Sandro Augusto dos Santos, titular da Comarca, e podem ser doados lençóis, toalhas, água mineral, alimentos não-perecíveis, entre outros itens. As doações devem ser entregues na sede da Almagis localizada na rua Barão de Anadia, no Centro de Maceió.

“Agradeço aos magistrados e servidores que estão contribuindo, tudo será revertido para os que mais precisam. Convido também os demais a colaborarem neste momento para amenizar a dor dessas pessoas”, destacou o juiz.

A cidade foi uma das mais atingidas pelas chuvas que aconteceram nos últimos dias em todo o estado. De acordo com o juiz, as três ladeiras que dão acesso à cidade ficaram interditadas durante um tempo, devido às chuvas, e alguns servidores da Comarca foram atingidos pelos alagamentos.

Os prazos processuais e demais atividades da Comarca foram suspensos durante toda a semana por meio de Portarias que serão publicadas nesta terça-feira (30), no Diário da Justiça Eletrônico. Segundo o juiz Sandro Augusto, os fornecimentos de água e energia foram interrompidos em toda a cidade, atingindo o Fórum, para prevenir acidentes elétricos. O abastecimento só deve retomar quando a Prefeitura do Município e a Defesa Civil autorizarem.

Fonte: Dicom / TJ-AL

Comentários

MAIS NO TH