Cidades

21 de maio de 2017 11:44

Caminhadas marcam combate à violência sexual infantojuvenil em Maceió

Equipamentos sociais da Secretaria Municipal de Assistência Social participaram de caminhadas

Os equipamentos sociais da Secretaria Municipal de Assistência Social, a exemplo dos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) Área Lagunar e do Cras Clima Bom participaram de caminhadas contra a exploração e o abuso sexual de crianças e adolescentes. No bairro Clima Bom, a iniciativa de envolver toda a comunidade contra a violência sexual infantojuvenil partiu do Conselho Tutelar da Região do Tabuleiro.

“Nossa equipe técnica foi convidada para participar da caminhada contra a exploração e o abuso sexual de crianças e adolescentes. Marcamos nossa presença na ação com a distribuição de panfletos e a orientação à população sobre os dois tipos de crimes que acometem meninos e meninas no sentido de estimular as denúncias através do Disque 100”, diz a coordenadora do Cras Clima Bom, Nadir Correia.

Além da equipe técnica do Cras Clima Bom participaram da caminhada estudantes das escolas públicas do bairro, representantes de igrejas e os conselheiros tutelares que de cima de um minitrio elétrico esclareceram à população sobre as formas de denúncias. Os participantes se concentraram no coreto e em seguida percorreram várias ruas do bairro e seguiram em direção da escola Benedita de Castro, ponto de encontro da manifestação.

Cras Área Lagunar

Os técnicos do Cras Área Lagunar e cerca de 30 crianças e adolescentes do grupo do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos participaram da caminhada que percorreu as ruas dos bairros Ponta Grossa e Vergel do Lago.

Na parte baixa da cidade, a ação foi promovida pelo Conselho Tutelar da Região II. A concentração ocorreu na sede do Conselho Tutelar, que fica no bairro Ponta Grossa, seguiu em direção às ruas da localidade e também do Vergel até as imediações da Praça Padre Cícero.

Com cartazes e faixas, os participantes levaram à população o conhecimento do Disque 100 para denunciar os casos de violência sexual contra crianças e adolescentes. Houve também a distribuição de panfletos com os símbolos da campanha.

“A ação teve o objetivo de sensibilizar a comunidade sobre esse tipo de violência e estimular a denunciar os casos identificados através do Disque 100”, diz a educadora social do Cras Área Lagunar, Isabel Gomes da Silva.

O Cras Área Lagunar fica na Rua Agnelo Barbosa, 527, Prado. Telefone: 3315-6418. Já o Cras Clima Bom fica na Rua Zequito Porto, número 242, Quadra C1, no Conjunto Osman Loureiro, bairro Clima Bom. Próximo ao Terminal de Ônibus do Osman Loureiro. O telefone é o: (82) 3354-0307.

Fonte: Ascom / Semas

Comentários

MAIS NO TH