Cidades

15 de março de 2017 10:17

Jurados absolvem acusado de homicídio ocorrido no Benedito Bentes

Jurados reconheceram a autoria do crime, mas absolveram o réu por clemência

O júri popular absolveu o réu Darlan Alves dos Santos, acusado de matar Jair Peixoto Evaristo Gomes, no dia 10 de julho de 2011, no bairro Benedito Bentes, na parte alta de Maceió. Os jurados reconheceram a autoria do crime, mas absolveram o réu por clemência. O julgamento foi conduzido pelo juiz John Silas da Silva, da 8ª Vara Criminal Capital, na tarde desta terça-feira (14), no Fórum do Barro Duro.

Crime

De acordo com a denúncia oferecida pelo Ministério Público (MP/AL), Darlan Alves e um adolescente teriam desferido diversas facadas no pescoço da vítima, por volta das 20h, na Grota da Alegria, bairro Benedito Bentes, na parte alta de Maceió. O motivo do crime seria o fato de Jair supostamente realizar roubos na área, o que atrairia a atenção da polícia.

Ainda segundo o MP/AL, Darlan dos Santos integrava um bando criminoso responsável por homicídios na região. A defesa do réu alegou que ele é inocente e que o crime, na verdade, foi efetuado pelo adolescente.

Fonte: Dicom / TJ-AL

Comentários

MAIS NO TH