Cidades

20 de fevereiro de 2017 13:27

Missão do BID conhece projetos para o programa Maceió de Frente pra Lagoa

Encontro está sendo realizado na sala de eventos do Hotel Brisa Mar, na orla de Pajuçara

O prefeito Rui Palmeira recebeu, nesta segunda-feira (20), especialistas e consultores do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para apresentar a conclusão do projeto de requalificação da orla lagunar, o programa Maceió de Frente Pra Lagoa.

Além do prefeito Rui Palmeira, gestores da Prefeitura se reúnem com a comitiva do Banco para a apresentação do impacto social e ambiental do Maceió de Frente Pra Lagoa. O encontro está sendo realizado na sala de eventos do Hotel Brisa Mar, na orla de Pajuçara. “A expectativa é que até o final do ano demos início às obras, que incluem esgotamento sanitário, pavimentação, iluminação e habitação na região do Bom Parto e do Brejal, locais degradados hoje em dia e que serão completamente revitalizados”, adiantou o prefeito.

“Queremos a aprovação de financiamento do banco para encaminharmos o projeto ao Tesouro Nacional. Esperamos que dê tudo certo, pois é uma iniciativa de resgate do entorno da Lagoa Mundaú”, ressaltou Rui Palmeira.

Na oportunidade, o especialista em Desenvolvimento Urbano do BID e chefe da missão, Aderbal Curvelo, reforçou o interesse do Banco em financiar o projeto. “É muito importante que todos os projetos propostos pela Prefeitura estejam de acordo com os critérios estabelecidos. Vamos analisar todo material preparado para finalmente submetermos à aprovação da diretoria do banco. A semana será de muito trabalho duro”, pontuou.

O assessor especial da Prefeitura, Gustavo Novaes, explicou as etapas que estão por vir. “O banco vem verificar os projetos e a documentação apresentada pela Prefeitura, para então aprovar o financiamento. Daí decorre um prazo de protocolo de encaminhamento à Secretaria do Tesouro Nacional (STN) e Senado. Passada esta fase, volta-se à STN para a apresentação da carta de aprovação, discussão das cláusulas contratuais e chancela final do Governo Federal para enfim assinarmos o contrato de financiamento e iniciarmos a fase de contratação de obras”, detalhou.

Além da execução de obras estruturantes, a Missão do BID discute também capacitação e geração de emprego e renda para população residente na área que será requalificada.

A comitiva do BID permanece em Maceió até a sexta-feira (24) para uma série de atividades, como visitas técnicas e encontro com a comunidade que será beneficiada diretamente com a execução do projeto.

O projeto

O Maceió de Frente pra Lagoa é um programa de requalificação de um trecho da orla lagunar localizado entre os bairros Bom Parto e Bebedouro. O Programa, que beneficiará diretamente 150 mil pessoas, prevê a construção de 1900 unidades habitacionais – por meio do Programa Minha Casa, Minha Vida, do Governo Federal – , equipamentos sociais e de assistência à educação e saúde, sistema de esgotamento sanitário, iluminação, além do projeto eixo viário lagunar que vai melhorar a mobilidade urbana na região.

O programa será custeado em parte pelo Município, que vai entrar com U$ 63,5 milhões em recursos próprios, e através do financiamento do BID, com mais U$63,5 milhões.

Fonte: Secom / Maceió

Comentários

MAIS NO TH