Cidades

18 de janeiro de 2017 12:25

Sesau está em alerta sobre doença misteriosa que deixa a urina preta

Autoridades de saúde dos municípios alagoanos, equipes técnicas e profissionais, estão vigilantes para monitorar a ocorrência da doença

O surgimento de uma doença misteriosa há pouco mais de um mês, que deixa a urina preta, tem intrigado pesquisadores da área da saúde e deixado estados em alerta. A doença surgiu na Bahia e já acometeu pouco mais de 50 pessoas no estado e fez vítimas também no Ceará. Além disso, há suspeitas de duas mortes relacionadas a ela. A Secretaria Estadual de Saúde de Alagoas (Sesau-AL) afirmou que está atenta às informações sobre o alerta epidemiológico, mas informa que não há registros de casos no estado.

Segundo a Sesau, as autoridades de saúde dos municípios alagoanos, equipes técnicas e profissionais, estão vigilantes para monitorar a ocorrência da doença. 

Apesar de também não notificar pacientes com a doença, nesta semana, o estado de Pernambuco emitiu um alerta às unidade médicas e recomendou a notificação imediata – em até 24h – de pacientes que apresentem sintomas como: dores musculares intensas, conhecidas também como mialgia, insuficiência renal e urina preta, comumente encontrados nas vítimas.

Suspeitas

Pesquisadores do Brasil e dos Estados Unidos estão analisando amostras de pacientes que apresentaram os sintomas associados à doença. As primeiras suspeitas eram de que peixes consumidos na Bahia estariam provocando o surto, no entanto, a hipótese perdeu força, porque nem todos os pacientes com a doença afirmaram ter ingerido peixes antes de aparecer os sintomas. 

A hipótese mais forte levantada por pesquisadores até o momento é a de que a doença tenha origem em um vírus encontrado nas águas sujas dos esgotos e nas fezes. O vírus seria da família da Hepatite A, chamado de Paraechovírus.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH