Cidades

9 de novembro de 2016 17:26

Nesta quinta-feira (10), cinco réus vão a julgamento em Alagoas no Mês do Júri

Serão realizados júris populares em Maceió, Junqueiro, Porto Calvo, Santana do Ipanema e Traipu

Nesta quinta-feira (10), cinco júris populares acontecem nas Comarcas de Maceió, Junqueiro, Porto Calvo, Santana do Ipanema e Traipu, dando continuidade às atividades relacionadas ao Mês Nacional do Júri, que visa julgar réus denunciados por crimes dolosos contra a vida.

No Fórum de Maceió, às 13h, haverá o julgamento de Zenaildo Vital dos Santos, acusado de matar o policial Claudevan da Silva Farias e ferir Adalberto Santa Cruz Barros, com disparos de arma de fogo, no dia 23 de dezembro de 1995, no bairro Benedito Bentes, na Capital.

De acordo com os autos, Zenaildo teria saído de casa para socorrer um de seus filhos, que estaria sendo espancado por diversas pessoas, inclusive as vítimas. Chegando ao local, teria sacado uma arma e efetuado disparos. A sessão será conduzida pelo juiz Geraldo Cavalcante Amorim, titular da 9ª Vara Criminal de Maceió.

Outros Júris

Na Comarca de Junqueiro, às 8h30, Laércio Pereira Ferreira vai a julgamento pela morte de Márcio dos Santos, ocorrida no dia 24 de janeiro de 2004, no Povoado Retiro. A vítima foi atingida por golpes de arma branca, não resistindo aos ferimentos. O júri será comandado pelo juiz Kleber Borba Rocha.

Em Porto Calvo, Isael Luiz da Silva será julgado, às 9h, pela tentativa de homicídio contra Marinalva Maria da Silva, sua própria mãe, no dia 20 de junho de 2014, enquanto confraternizava na casa de familiares. O julgamento será conduzido pelo Juiz José Eduardo Nobre Carlos.

Segundo a denúncia do Ministério Público, o réu estava embriagado e sua mãe lhe deu um tapa no rosto para que ele parasse de agredir a todos no local. Isael Luiz avançou no pescoço de Marinalva e começou a esganá-la, afirmando que só a soltaria quando ela estivesse morta. Os parentes da vítima conseguiram conter o acusado.

Na Comarca de Santana do Ipanema, o juiz Diego Araújo Dantas preside, a partir das 9h, o julgamento de Wellington Gomes Dias e Sebastião da Silva, acusados do assassinato de José Bento da Silva, ocorrido no dia 11 de dezembro de 2008, com vários golpes de faca.

Em Traipu, às 8h, será julgado Michel Farias da Silva. Ele é acusado de assassinar Antônio Santiago, no dia 8 de outubro de 2010, por volta das 19h40, no povoado Olho D'Água do Campo. Vítima foi atingida com vários golpes de facão.

Já no Fórum de Pão de Açúcar, às 8h30, quem vai ao banco dos réus é Arnóbio da Silva, acusado de tentar matar Claudevan Gomes, no dia 12 de novembro de 2013. De acordo a denúncia, a vítima teria sido convidada por Arnóbio para caçar, em um local conhecido como Serra do Algodão, quando foi surpreendida pelo réu, que efetuou um disparo de arma de fogo. O júri será presidido pelo juiz Edivaldo Landeosi.

Fonte: Dicom / TJ-AL

Comentários

MAIS NO TH