Cidades

26 de outubro de 2016 12:14

Comitiva de Alagoas conhece projeto da Primeira Infância do RS

Experiência bem-sucedida do estado do Sul ajudará na elaboração do programa que será implantado para crianças alagoanas

Representantes do Comitê Técnico da Primeira Infância de Alagoas estiveram no início desta semana (25), no Rio Grande do Sul, para conhecerem a metodologia e ações do Programa Primeira Infância Melhor (PIM). O objetivo é captar modelos da experiência exitosa daquele Estado que possam ser aplicados em Alagoas para garantir a melhor assistência para crianças de zero e seis anos, que vivem em situação de vulnerabilidade.

A comitiva de Alagoas foi recebida pelo secretário do Trabalho e do Desenvolvimento Social, Catarina Paladini, e pela coordenação do PIM. Segundo o secretário, o programa já tem 13 anos de funcionamento e é hoje modelo para outros programas no Brasil, inclusive o do Governo Federal, Criança Feliz. “Temos sido referência em diferentes áreas do desenvolvimento humano e social para o país. Isso nos orgulha muito”, afirmou Paladini.

No primeiro dia da visita, além da apresentação do PIM, os coordenadores alagoanos foram até o município de Viamão, para o acompanhamento de visitas domiciliares às famílias atendidas.

“Acompanhar este trabalho junto à comunidade foi um dos objetivos dessa viagem, e o que vimos aqui é um modelo a ser seguido, adaptando, claro, a nossa realidade. Agora vamos estudar a possibilidade de cooperação técnica entre os Estados”, disse Joyce Amorim, assessora de projetos da primeira-dama do Estado de Alagoas, Renata Calheiros.

Intersetorial

Fizeram parte do grupo de Alagoas, a superintendente de assistência Social da Seades, Aline Rodrigues, e as coordenadoras do Comitê Técnico da Primeira Infância, Margareth Tenório, da Secretaria de Estado da Educação, e Lucineide Paulo, da Secretaria de Estado de Saúde.

 “A atenção direcionada para criança através de uma equipe exclusiva e multidisciplinar possibilita não só um olhar de saúde, mas o acompanhamento cognitivo e de prevenção, completando, assim, o desenvolvimento saudável da criança”, afirmou Lucineide.

O PIM é uma política pública intra e intersetorial, que tem como objetivo orientar as famílias em situação de vulnerabilidade social para que promovam o desenvolvimento integral de suas crianças até seis anos.

Em Alagoas já está em andamento o projeto-piloto da Primeira Infância, na cidade de Murici. Idealizado pela primeira-dama, Renata Calheiros, o projeto também é intersetorial e será levado para mais municípios alagoanos em 2017.

Fonte: Ascom / Seades-AL

Comentários

MAIS NO TH