Brasil

27 de setembro de 2020 08:33

Menino de 9 anos de Maringá (PR) usa celular da mãe para tentar negociar casa em Sergipe

↑ João Bernardo mora com a mãe, Daiane, e o irmão, Kauan, em Maringá — Foto: Arquivo pessoal

Um garoto de 9 anos de Maringá (PR) pegou o celular da mãe e tentou negociar uma casa, em Sergipe, no valor de R$ 110 mil por meio de um aplicativo. Na conversa, compartilhada pela mãe do menino nas redes sociais, João Bernardo oferece pagar o imóvel com parcelas de R$ 50.

Queria comprar a casa, mas não tenho tanto dinheiro. Então pensei: e se eu te desse R$ 50 por mês até juntar R$ 110 mil? É que gostaria de morar eu, minha mãe e meu irmão porque que a nossa casa é muito pequena”, escreveu o garoto nas mensagens. Ele ainda explica que tem um cachorro e que a rua é muito movimentada.

O vendedor no anúncio nega a oferta de pagamento. Apesar da negativa, o garoto se mostra compreensível e pede desculpa pelo incômodo. “Está bem. Acho que não vai dar mesmo para eu ir, porque a casa é em Sergipe e eu moro em Maringá”.

De acordo com a mãe de João, a diarista Daiane Campiolo, de 38 anos, o garoto aprendeu a mexer no aplicativo de compra e venda depois que decidiu se desfazer de um jogo de videogame.
Ainda conforme Daiane, o filho passou a se preocupar com o aluguel da casa após a morte do pai, em maio de 2019.

“Há tempos o meu filho tem essa preocupação comigo porque o pai dele faleceu. Ficou com esse negócio de querer se preocupar se vou conseguir pagar o aluguel, mas não sou muito de ficar reclamando, mas mesmo assim se sente como um protetor de mim”, comentou a mãe em entrevista ao portal UOl.

Comentários

MAIS NO TH