Brasil

31 de outubro de 2019 11:17

Motorista de aplicativo leva susto ao ter carro ‘engolido’ por cratera em rua

Carro ficou danificado e foi removido por uma retroescavadeira enviada pela Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco (Emurb)

↑ Motorista de aplicativo leva susto ao ter carro ‘engolido’ por buraco em Rio Branco (Foto: Arquivo pessoal)

O carro do motorista de aplicativo Eliude Feijó de Souza, de 23 anos, foi “engolido” por uma cratera que se abriu na rua Buriti, no Novo Calafate, na tarde de quarta-feira (30), em Rio Branco.

Apesar de o carro ter ficado com mais da metade dentro do buraco e muito danificado, o motorista disse que não teve ferimentos, apenas sente dores pelo corpo, e que não lembra exatamente como saiu do lugar.

“Eu desci uma ladeira e fiz uma pequena curva e vinha uma moto que me deixou virar para eu pegar meu passageiro e o buraco é ao lado da casa da cliente, só que o buraco não era tão grande e eu não vi. Só que quando passei perto, o asfalto cedeu e o carro tombou”, contou o motorista.

Souza conta que o carro não afundou completamente porque segurou no meio fio, que aguentou o peso do carro. “Acho que é um buraco de aproximadamente dois metros de profundidade. Ele [superficialmente] não era grande, mas quando passei com o carro perto ele cedeu”, lembra.

Quando o acidente aconteceu, Souza estava só no carro. Ele conta que com o impacto pensou, inicialmente, que alguém teria batido na traseira do veículo.

“Só que quando voltei a mim, vi que estava praticamente embaixo da terra, um monte de barro e pensei: morri”, relembrou.

Carro foi comprado há dois meses

O motorista lamenta porque o veículo é sua única fonte de renda e que tinha comprado há dois meses para trabalhar. Ele ainda não sabe o tamanho do prejuízo, mas acredita que o motor do carro bateu, além de danificar a lataria, a lanterna e para-choque.

O carro foi removido por uma retroescavadeira enviada pela Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco (EMURB), segundo informou Gabriel Gomes, diretor administrativo e financeiro da empresa.

“Nos foi solicitado que fosse ao local para ajudar o motorista e disponibilizamos uma máquina para tirar o veículo do local e, após a retirada, vai ser feita uma análise para saber a origem do buraco e o que aconteceu. Se foi um vazamento de água ou alguma erosão no solo”, informou Gomes.

Fonte: G1

Comentários

MAIS NO TH