Brasil

18 de outubro de 2018 16:09

UnB é pichada com ameaça de massacre

'Se Bolsonaro for eleito, é Columbine na UnB', estampa o ato de vandalismo

↑ (Imagem: Reprodução / Twitter)

Sem revelar muitos detalhes, a Universidade de Brasília (UnB) confirmou a denúncia de uma pichação na porta de um dos banheiros da instituição com a ameaça de um massacre no campus caso o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, vença as eleições.

Na foto postada nas redes sociais que chegou à administração da universidade, e que viralizou na internet, a mensagem escrita à caneta faz referência ao atentado cometido por alunos de uma escola do Colorado, nos Estados Unidos, há quase 20 anos.

“Se Bolsonaro for eleito, é Columbine na UnB”, estampa o ato de vandalismo, lembrando o nome da instituição americana onde 12 alunos e um professor foram mortos.

De acordo com a assessoria da UnB, a pichação não foi identificada pela equipe de manutenção dos espaços da instituição que continua investigando o caso. “O caso foi reportado à Polícia Federal”, informou em nota.

Nas redes sociais, a universidade publicou respostas de repúdio a atos de vandalismo e a mensagens de incitação à violência.

No início do mês, a UnB informou que cinco livros sobre direitos humanos do acervo da Biblioteca Central (BCE) tinham sido propositalmente danificados, tendo algumas páginas rasgadas e riscadas. No dia, a instituição divulgou nota informando que estava fazendo uma varredura em outros títulos que tratam do mesmo assunto para verificar se havia mais obras vandalizadas.

Fonte: Agência Brasil / Texto: Carolina Gonçalves

Comentários

MAIS NO TH