Brasil

19 de julho de 2018 09:28

1º Prêmio Chico Mário de Violão tem inscrições prorrogadas

Os interessados em participar têm até 30 de julho para realizar cadastro; Serão distribuídos R$ 15 mil em premiações para os cinco primeiros colocados no maior prêmio de violão popular do Brasil

Inicialmente estipuladas para encerrar nesta sexta-feira, 20, as inscrições para o 1º Prêmio Chico Mário de Violão foram prorrogadas até 30 de julho. Realizado pelo Instituto Cultural Chico Mário, podem participar do concurso músicos de todo o país, com idade a partir de 16 anos. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site do Instituto. Ao todo, serão distribuídos R$ 15 mil em prêmios do primeiro ao quinto lugar no maior prêmio de violão popular do Brasil.

A premiação é uma celebração à obra do compositor mineiro Chico Mário, expoente da música instrumental nacional e pioneiro na produção de discos independentes. “É o maior prêmio de violão popular do Brasil e tem o intuito de resgatar a obra do meu pai e preservar a memória dele. Além de valorizar o instrumento mais popular do país. E este ano é especial para o Instituto, já que Chico Mário completaria 70 anos de vida, além de marcar os 30 anos de sua morte que aconteceu em março de 88”, destaca o músico, produtor, idealizador do prêmio e filho do Chico Mário, Marcos Souza.

Para participar do Prêmio Chico Mário de Violão, os interessados devem se cadastrar no site do Instituto (www.institutochicomario.org.br), gravar um vídeo de apresentação pessoal, um vídeo tocando uma música de Chico Mário e um vídeo ou áudio interpretando uma música de livre escolha, além de preencher uma autorização para uso de imagem e voz. Após a inscrição, o júri vai avaliar as obras publicadas e selecionará os 12 participantes da cerimônia oficial. O júri é formado pelo músico, produtor, idealizador do prêmio e filho do Chico Mário, Marcos Souza; pela atriz, cantora e filha de Chico Mário, Karina Souza; pela viúva e presidente do Instituto Cultural Chico Mário, Nivia Souza; e o violonista Weber Lopes.

Os 12 candidatos selecionados pela bancada de avaliadores participarão da etapa final que será realizada no dia 22 de agosto, às 20h, no Sesc Palladium, em Belo Horizonte, com os jurados Weber Lopes, Gilvan de Oliveira, Juarez Moreira, Geraldo Vianna e Duofel. Na Cerimônia da premiação, cada candidato deverá apresentar ao vivo, no violão, uma música composta por Chico Mário, com no máximo oito minutos de apresentação. E não é permitido o uso de playback. O primeiro lugar recebe R$ 10 mil, troféu desenhado pelo artista Maurício Manzo e um violão Yamaha Silent SLG200N. O segundo lugar ganha R$ 2 mil e troféu. E o terceiro, quarta e quinto lugar ganham mil reais, cada.

O Prêmio Chico Mário de Violão é realizado em parceria com o Sesc MG, Yamaha, Acervo Digital do Violão Brasileiro e Pessoa. Agência de Relações Públicas.

Chico Mário

Francisco Mário foi um dos pioneiros do disco independente no Brasil ao lado de Antonio Adolfo e o primeiro a utilizar a ferramenta de crowdfunding no Brasil, em 1980, para produzir seu segundo disco “Revolta dos Palhaços”. Mineiro e violonista respeitado, deixou quase 90 obras, 8 discos e 3 livros em seu pouco tempo de vida. Irmão do cartunista Henfil e do sociólogo Betinho, Chico Mário, como era carinhosamente chamado, faleceu 14 de março de 1988, aos 39 anos.

Serviço

Inscrições abertas para o 1º Prêmio Chico Mário de Violão

Premiação: 1º Prêmio – R$ 10.000,00 + Troféu desenhado pelo artista Mauricio Manzo + 1 Violão Yamaha Silent SLG200N; 2º Prêmio – R$ 2.000,00 + Troféu desenhado pelo artista Mauricio Manzo; 3º Prêmio – R$ 1.000,00; 4º Prêmio – R$ 1.000,00; 5º Prêmio – R$ 1.000,00

Partituras e Obra: http://www.institutochicomario.org.br/sobre-chico-mario/

Informações e inscrições: www.institutochicomario.org.br

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH