Brasil

18 de maio de 2018 20:57

Exames apontam identidade de mais três vítimas de prédio que desabou

Selma Almeida da Silva, Walmir Sousa Santos e Alexandre de Menezes foram identificadas

↑ Escombros de prédio que desabou no centro de SP (Foto: Reprodução)

Mais três vítimas do edifício Wilton Paes de Almeida foram identificadas após divulgação do resultado de exames pela SPTC (Superintendência da Polícia Técnico-Científica), nesta sexta-feira (18): Selma Almeida da Silva, 40 anos, Walmir Sousa Santos, 47 anos, e Alexandre de Menezes, 40 anos.

“O DNA recolhido das vítimas apresentou vínculo genético com o material fornecido pelas famílias de Selma Almeida da Silva (40) e Alexandre de Menezes (40). O IC de Brasília colheu o material genético da família de Walmir Sousa Santos (47), possibilitando a identificação”, diz a nota da SPTC.

Os três estavam na lista de pessoas desaparecidas registradas na Polícia Civil depois da queda do prédio incendiado no Largo do Paissandu, no centro de São Paulo, no dia 1º de maio. As buscas no local do desabamento, realizadas pelo Corpo de Bombeiros, encerraram no domingo.

Todos os fragmentos humanos encontrados nos escombros do prédio já foram identificados. Antes desses três, quatro vítimas já haviam sido identificadas, que são: os gêmeos filhos de Selma, Wendel e Werner da Silva Saldanha, 10 anos, Francisco Lemos Dantas, 56 anos, e Ricardo Oliveira Galvão Pinheiro, 39 anos — que estava sendo resgatado no momento do desabamento.

Informações oficiais ainda apontam duas pessoas desaparecidas: Gentil de Souza Rocha, 53 anos, e o Alexandre Menezes, 40 anos, registrado como desaparecido na última segunda-feira (14), depois do fim das buscas.

As investigações que apuram possíveis responsáveis pela queda e busca a localização dos desaparecidos estão em andamento no 3º DP (Campos Elísios). O Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) também instaurou um inquérito policial para apurar sobre possíveis cobranças de alugueis em ocupações irregulares.

Fonte: R7

Comentários

MAIS NO TH