Brasil

25 de abril de 2018 01:17

Polícia busca homem suspeito de mandar matar genro por ele ser negro

Emanuel de Oliveira Reis foi morto na comunidade da Rua 7, em Caxias, após sogro chamar traficantes acusando-o de miliciano

↑ Emanuel de Oliveira foi morto por traficantes em Caxias (Foto: Reprodução)

A Polícia Procura um homem suspeito de mandar matar o genro, Emanuel de Oliveira Reis, de 20 anos, por ele ser negro. Segundo o Disque Denúncia, o suspeito pediu a integrantes do tráfico de drogas de uma comunidade de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, que o ajudassem a matar o jovem por não aceitar que sua filha namorasse um homem negro.

De acordo com a namorada, o pai dela sempre disse que não gostava de Emanuel porque ele era negro e o acusava de ser bandido.

—Por ele ser negro, ele sempre falou que o garoto era bandido. Como ele usava cordão, usava relógio, ele falava que o garoto não prestava.

A jovem contou que, no dia do crime, o namorado chamou o pai dela para conversar e houve uma discussão entre os dois.

— Meu namorado chamou ele pra conversar, eles tiveram um bate-boca, e meu namorado deixou ele ir embora. Ele chamou os traficantes para pegar meu namorado alegando que ele [Emanuel] era miliciano.

O caso aconteceu no último dia 18 e, na segunda-feira (23), uma equipe da DHBF (Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense) prendeu uma traficante da comunidade que é suspeita de envolvimento no caso. As investigações da delegacia especializada apontam que ao menos oito traficantes da quadrilha dela participaram do crime.

Fonte: R7

Comentários

MAIS NO TH