Brasil

14 de junho de 2017 17:34

Senado informa que remuneração de Aécio será mantida com desconto

Assessoria do presidente Eunício Oliveira havia divulgado que seria suspensa a remuneração do senador

A assessoria do presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), informou na tarde desta quarta-feira (14), por meio de nota de esclarecimento, que a remuneração do senador Aécio Neves (PSDB-MG) será mantida, mas com descontos dos valores referentes às ausências do parlamentar às sessões deliberativas.

Com isso, Aécio – afastado do mandato por determinação do Supremo Tribunal Federal – preservará parte do salário de R$ 33,7 mil que recebe como senador.

No início da tarde, a assessoria havia divulgado um ofício endereçado ao ministro Marco Aurélio Mello, do STF, no qual Eunício Oliveira comunicava que o Senado, entre outras medidas, tinha determinado a suspensão do pagamento da remuneração de Aécio Neves, entre outras providências (veja ao final desta reportagem a reprodução do ofício e da nota de esclarecimento).

A nota de esclarecimento foi divulgada após uma reunião de Eunício com Marco Aurélio Mello.

Além do desconto no salário, o Senado suspendeu a verba indenizatória do parlamentar e recolheu o veículo oficial utilizado por ele. O nome de Aécio foi retirado do painel de votações e da lista dos senadores em exercício.

Agora, Aécio figura, no portal do Senado, na lista dos senadores afastados do mandato. O motivo do afastamento é a decisão do ministro Edson Fachin.

Ofício do presidente do Senado, Eunício Oliveira, enviado ao ministro Marco Aurélio Mello, sobre a situação do senador Aécio Neves (Foto: Reprodução/Senado)

Em nota de esclarecimento, Senado esclarece que salário de Aécio Neves será mantido, mas terá desconto (Foto: Reprodução/Senado)

Fonte: G1

Comentários

MAIS NO TH